Uva, Vinho e Tulipas - Vanda Amorim

Assim como Shakespeare, o maior escritor inglês da história, imortalizou a avassaladora paixão de dois jovens, Romeu e Julieta, que enfrentaram o ódio e o rancor de suas família, os Montecchios e os Capuletos, Vanda Amorim apresenta nesta obra uma história de rivalidade que povoará a imaginação dos leitores.
O emocionante caso de amor de Gregory e Hannah, dois jovens, filhos de famílias nobres e rivais, intensamente vivido no fascinante cenário da Borgonha, uma das regiões mais encantadoras da Europa, nos remete a uma verdade difícil, mas possível de ser vivida.
Para prevalecer a felicidade de sua inseparável companheira, sacrificando a sua própria alma, Iza, uma simples serviçal, oferece a sua vida para não deixar o amor de Hannah sucumbir. A doçura e a lealdade dessa personagem trazem a certeza de que acreditar no ser humano e na sua capacidade de amar ainda é plenamente possível.
Vanda Amorim, inspirada em Shakespeare, simboliza nesse livro o mais profundo e puro dos amores, que não esmorece diante das vicissitudes da vida.

Uma história com o doce sabor das uvas, o requinte e a delicadeza do vinho e a beleza de um jardim de tulipas.

Não foi difícil me envolver na escrita de Vanda Amorim, que escreve com uma linguagem coloquial, eloquente e culta. Ela nos brinda com uma história que nos faz viajar para Dijon, França, pós-Guerra Mundial. A autora nos apresenta uma história de amor e amizade, com personagens delicados e verossímeis, fáceis de se adaptar e envolver.

Eu já conhecia a escrita de Vanda Amorim da leitura de Crocodilo Sonhador que devorei em poucas horas, e aqui temos uma história escrita com o mesmo primor, mas com algo mais. Uma leitura super agradável, mas em alguns momentos me senti meio perdida no tempo e espaço, já que não me era familiar a época e o lugar em que transcorria o enredo.

Passada essa estranheza, me permiti mergulhar fundo na história de Hannah e Gregory, uma relação de amor que começou de um olhar, mas que teria que enfrentar um abismo enorme para poder se concretizar.

Lendo a sinopse, imaginamos uma história com um enredo e final típico à la Romeu e Julieta, já que existia uma grande rixa entre as famílias dos protagonistas, baseada em mágoas profundas que podiam atrapalhar o amor dos pombinhos, mas o livro é bem mais do que isso. Gregory e Hannah são fortes e desbravam sem medos as dificuldades, indo contra todos para ficarem juntos, apesar dos inimigos serem pessoas do âmbito familiar. Eles contam com a ajuda de Iza, a criada e uma amiga maravilhosa de Hannah, que a tem como uma irmã. Iza tem um papel fundamental na trama, mostrando a fundo o valor de uma amizade e até onde ela é capaz de ir.

Vanda Amorim soube criar um cenário impecável, com detalhes perfeitos para desenvolver essa bela história de amor. Um casal apaixonante e disposto a tudo, um passado perturbador que envolve a todos em segredos que fermentam a raiva e o desamor. Nada melhor do que esses ingredientes simples para tornar a leitura algo mais do que primoroso.

Doçura, encanto, realidades duras e um final admirável, esse é Uva, Vinhos e Tulipas, uma história que encanta pela escrita delicada, apaixona pelo grande laço de amor entre os protagonistas, mas, acima de tudo, arrebata pela perspicácia da autora em nos narrar com ternura o valor de uma grande amizade.


12 comentários:

  1. Ei Lena

    Resenha linda, eu gosto destes romances que tem mais entre o casal que o simples drama de mimimi entre eles.
    Preciso tomar vergonha e ler este livro hehe, eu amei Crocodilo sonhador, recebi este e não li até hoje. :/
    Está na fila que anda a passos de tartaruga, mas vou ler, mês que vem eu acho.... :P
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura super agradável Nanda, um drama com certeza.
      Depois volta e me conta o que vc achou!
      Beijokas!

      Excluir
  2. Eu não sou da de Romeu e Julieta, nem de livros q aconteçam no passado e apesar da resenha maravilhosa, não gostei muito do livro.... Fiquei sim, curiosa, mas acho q não o suficiente para ler o livro....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arrisca Thay, certeza que você vai gostar.
      Às vezes variar e sair da nossa zona de conforto é bom.
      Bjkas!

      Excluir
  3. Adoro esse tipo de romance, com tramas que se passam em outras épocas. Já tinha visto o livro, mas não tinha colocado ele na lista. Nada como uma boa resenha para fazer a gente desejar o livro. Leninha, Leninha, "você" só aumenta a minha lista para comprar kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Eri!
      Também adoro livros com esse mote, e gostei bastante da forma da escrita da Vanda, leveza e doçura nas linhas do livro.
      beijos!

      Excluir
  4. Inobstante não ter gostado muito do título do livro, a sinopse já me arrebatou e a resenha foi pra lá de convincente..... Certamente vou ler esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O título do livro tem tudo a ver com a história Ana. só lendo para entender.
      Espero que você leia e goste da narrativa da autora.
      Beijos!

      Excluir
  5. Leninha, eu já tinha lido essa resenha, mas ainda não tinha conseguido comentar.
    O livro parece ser muito bom!

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
  6. Só de citar Shakespeare já me conquistou, rs, mas gostei de saber que o livro é ainda mais que eu imaginei à primeira vista. Parece mesmo uma linda história, e é sempre bom ver autores dando espaço para a amizade nas tramas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo a leitura Ju, certeza que você vai gostar!
      Bjokas!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos