Dois pesos, Duas medidas - Judith McNaught

Nick, o bonito e inteligente presidente da Global Industries, conduz seus negócios do mesmo modo que trata suas mulheres: com charme, ousadia e pulso firme. Ao contratar Lauren Danner, ele, que sempre esteve no controle das situações e conseguiu todas as mulheres que desejou, vê-se perdidamente apaixonado por sua nova e difícil funcionária. O que Nick não imagina é que Lauren esconde um segredo, que, se vier à tona, transformará sua vida para sempre. Presa nessa teia de falsidades, Lauren luta para não perder Nick, homem por quem ela está apaixonada, e que lhe prometeu uma vida de amor e devoção.

Um enredo simples que tinha tudo para ser apenas uma típica história de amor entre patrão e secretária, mas que ganhou requinte com a escrita de Judith McNaught, uma diva com certeza, que escreve com tanto comprometimento que encanta e emociona o leitor.

Em Dois pesos, Duas medidas conheceremos Lauren, uma personagem bem característica das mocinhas de Judith McNaught,  simples, bonita, simpática, encantadora, mas que tem uma vida e responsabilidades. Aqui, ela se vê de repente responsável pelo sustento de seu pai, e precisa a qualquer custo ter uma boa renda para segurar as pontas em casa. Ela então sai de sua cidade decidida na busca de um emprego, com indicação de seu pai, na empresa de um parente distante da família.

Eis então que se vê numa sinuca de bico com uma oferta para lá de tentadora, mas totalmente contra seus princípios. Ela teria que, a pedido desse parente, se candidatar a um emprego na empresa rival, e fazer o indigesto papel de espiã.

Claro que a intenção de Lauren é não conseguir o emprego, mas o destino a coloca frente a frente com o homem mais perfeito, lindo e sensual que ela já havia conhecido, Nick Sinclair. Depois desse primeiro contato e totalmente encantada com Nick, ela decide arriscar, só para poder ver aquele homem divino todos os dias.
 
Porém apostas altíssimas estão em jogo e Lauren, em sua inocência, se envolve com Nick, num sonho infantil de viver um grande amor. Ela só não estava preparada para a grande desilusão que a aguardava.

Começa então um jogo maravilhosamente encantador e fascinante. 

Foi uma delícia ver a reação de Lauren aos avanços de Nick. Uma mocinha digna de aplausos por resistir bravamente a um homem tão encantador, apesar de ele ser classificado como um típico machão pretensioso, um canalha totalmente irresistível.

Judith nos presenteia com uma história deliciosa, apaixonante, hipnotizante. Depois que iniciei a leitura o difícil foi largar o livro, até nos momentos em que eu era mais requisitada, tudo em prol de uma leitura tão primorosa.

Tive acessos de raiva de Nick e seu jeito pretensioso de ser, se achando o conquistador, o poderoso. Ele só não esperava ser totalmente conquistado por Lauren e por sua delicadeza, beleza e inocência.

Como sou uma leitora totalmente justa, teria dado cinco estrelas ao livro, mas ele só conquistou um quatro e meio, por quê? Oras, eu teria prolongado em pelo menos umas 10 páginas aquele final, Nick merecia um castigo e eu teria dado com mais dureza, em minhas mãos ele saberia o que é sofrer por uma mulher, rs.

Mas a autora foi delicada até nesse quesito, e mesmo com esse pequeno detalhe difícil de aceitar, considero o livro um achado. Narrativa rápida, totalmente coerente, um enredo simples e muito bem explorado, personagens cativantes, numa bela história que rende sorrisos, momentos aflitivos e outros doces, de arrancar suspiros.

Acho que nem preciso recomendar a leitura. Apesar de ser apenas o segundo livro da autora que leio, posso dizer que Judith McNaught é sinônimo de uma ótima leitura, os fãs que o digam, não é verdade?

Minha dica é: se aventure nas páginas desse livro com a certeza que encontrará tudo que busca numa linda história de amor!

 

26 comentários:

  1. Oi, Leninha!

    Uhmmmmm... Esse livro deve ser mesmo uma delícia, apesar desse final! (rs)

    Sabe que esses dias me uma vontade louca de ler romances? Eu tinha alguns de banca aqui ainda não lidos e decidi colocar a leitura em dia! O gostoso desses livrinhos é poder ler rapidinho, em poucas horas!

    Esse da Judith, apesar de característico de banca, saiu pela Bertrand, né? Anotando a dica aqui!

    Beijos,
    Inara
    http://www.lerdormircomer.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final é bom Náh, mas eu gosto de mocinhos que sofrem pela mocinha, fazer o que né?

      Esse é com certeza um livro típico de banca, mas com a mão da Judith se torna algo mais.
      Beijos Náh!

      Excluir
  2. Adorei você dizendo que é uma leitora muito justa >< hahahahahahaha
    Parece ser uma leitura deliciosa :)

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas eu sou super justa, se vale cinco é cinco, mas desagradou um milímetro eu tiro nota, kkk

      Mas o livro é delicioso, eu que sou chata no lance de personagens paguem sofrendo, pelo que fizeram, kkk

      Excluir
  3. Ah, Leninha, apenas o segundo livro da Divina Judith McNaught????
    Querida, saiba que isso enfraquece muito uma amizade! rsrsrsrsr
    Eu aqui, rezando por novos lançamentos, e você com tantos livros maravilhosos dela ainda por ler!
    Corra, Leninha, corra!
    Delícia de resenha, para uma delícia de livro!
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sueli, eu to economizando os livros da Judith, mereço perdão?!
      Eu vou lendo, devagar, mas vou!
      Beijinhos!

      Excluir
  4. Eu amo esse livro! Judith tem o dom de pegar um tema clichê e transformar numa história elegante e apaixonante.
    Concordo com vc sobre o final, fiquei com tanta pena da Lauren e louca de vontade de dar umas porradas no Nick..rsrsr...queria ter visto ele rastejar mais.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, isso, isso Josi, rastejar é a palavra certa, kkk

      Excluir
  5. Oi Lena!
    Como sempre, fico apaixonada com suas resenhas \o/
    Eu tenho alguns livros da Judith, mas ainda não li nenhum =(
    Acho que vou ter que começar logo logo kkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ká!
      Quanto a ler os livros da autora, tá perdendo tempo... deveria começar ontem, kkk
      Beijos!

      Excluir
  6. Ei Lena,

    Ah eu também reclamo de finais corridos, também fico querendo mais do casal. Eu acho que foi este livro dela que eu comprei hehe, não lembro muito bem, mas não li ainda tbm. :)
    Todo mundo fala tão bem desta autora, e eu não li nada dela ainda.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final foi coerente, o que me deixa triste é que a autora foi branda demais no tempo de tortura ao Nick, eu faria ele sofrer bem mais, kkk
      Mas essa sou eu, sofrimento pouco é bobagem, kkk

      Excluir
  7. Aiiii fiquei com mais vontade de ler!! Adoro a Tia Juju kkkkk
    Parabéns Leninha pela resenha!
    Bjss bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia querida, você vai gostar!
      Obrigada e volte sempre.
      Bjs

      Excluir
  8. Judith McNaught é uma de minhas autoras favoritas e adoro todos os seus livros (ao menos os poucos que foram publicados por aqui, infelizmente).... E esse livro é ótimo e a história bastante envolvente!!!!!!
    Não acredito que só leu dois livros dela!!!!! Se possível, leia a série Dinastia Westmoreland - Whitney, meu Amor! e Até Você Chegar.... Os livros são ótimos, contudo, o primeiro volume ainda não foi publicado por aqui, mas não importa....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho os dois livros que vc citou, falta ler.
      Judith passou a fazer parte do rol dos meus autores favoritos, ela é diva.
      Beijinhos Ana!

      Excluir
  9. Leninha, Judith McNaught é simplesmente sensacional!!!
    E esse livro é ótimo sem dúvida, adorei igualmente.
    Sou suspeita em falar, mas não há 1 livro dela que não seja memorável, TODOS são excelentes, ela consegue envolver 100% o leitor!
    D-E-M-A-I-S!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, apesar de só ter lido dois livros da autora.
      Minha sorte: tenho vários na estante esperando leitura, "Não me matem", kkk

      Excluir
  10. Eu ja li dela Todo ar que tu respiras lindo simplesmente. Amei o estilo dela. Agora esse ai eu nao achei pra comprar, alguém sabe nde posso conseguir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eri, achei o livro para vender no Submarino, confere no link:
      http://bit.ly/16CWBIZ

      Beijos!

      Excluir
  11. Eu também esperava só mais um romance normal, mas curti muito a resenha...
    Leninha, como vc é cruel... Is fazer o Nick sofrer??? Agora quero saber o q ele aprontou....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando você descobrir vai me dar razão e vai criar várias opções de torturas para o Nick, kkk

      Excluir
  12. Também sempre acho que os mocinhos canalhas são perdoados muito rapidamente!!! hahaha... Um pouco de sofrimento não faria mal a eles, com certeza!!! Não conheço a autora, mas o livro parece ser apaixonante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, pelo menos mais umas 2 páginas de muito arrependimento e pedidos de perdão, sendo boazinha, kkkk

      Sério que você não conhece Judith McNaught?
      Amiga, vc precisa conhecer!!!!!
      Beijos!

      Excluir
  13. Estou há 3 meses só lendo Judith. Leitos os que tem ISSUU, os que não têm lá busco em pdf. Ela é excelente. Pra mim desbancou Julia Quinn e Mary Balogh! E olha que já mais de dez livros de cada! Mas a Judith McNaught é maravilhosa nos históricos e nos contemporâneos. Minha sugestão: série segundas chances.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos