Uma curva na estrada - Nicholas Sparks

A vida do subxerife Miles Ryan parecia ter chegado ao fim no dia em que sua esposa morreu. Missy tinha sido seu primeiro amor, a namorada de escola que se tornara a companheira de todos os momentos, a mulher sensual que se mostrara uma mãe carinhosa. Uma noite Missy saiu para correr e não voltou. Tinha sido atropelada numa rua perto de casa. As investigações da polícia nada revelaram. Para Miles, esse fato é duplamente doloroso: além de enfrentar o sofrimento de perder a esposa, ele se culpa por não ter descoberto o motorista que a atropelou e fugiu sem prestar socorro.
Dois anos depois, ele ainda anseia levar o criminoso à justiça. É quando conhece Sarah Andrews. Professora de seu filho, Jonah, ela se mudou de Baltimore para New Bern na expectativa de refazer sua vida após o divórcio. Sarah logo percebe a tristeza nos olhos do aluno e, em seguida, nos do pai dele. Sarah e Miles começam a se aproximar e, em pouco tempo, estão rindo juntos e apaixonados. Mas nenhum dos dois tem ideia de que um segredo os une e os obrigará a tomar uma decisão difícil, que pode mudar suas vidas para sempre.

É sempre fácil e ao mesmo tempo complicado resenhar livros do Nicholas Sparks. Não consigo não gostar de suas histórias, que sempre têm uma carga emocional impressionante, que arrebata e emociona quem lê.

Em Uma curva na Estrada o autor já começa a história com seu final mais comum, a morte de um personagem, nesse caso Missy, a esposa de Miles Ryan. Desde então Miles vem tentando desvendar o suposto crime que vitimou sua esposa, já que o assassino fugiu sem prestar socorro, o deixando dilacerado e com um filho pequeno para criar.

Foram dois anos de dor e sofrimento o que o tornou um homem solitário e torturado. A dor ainda o corroe, mas aos poucos ele já se permite sonhar com outra pessoa a seu lado. A falta de ter com quem conversar e compartilhar o seu dia o deixa sensível ao ver casais apaixonado nas ruas e não foi nada difícil para ele se encantar com a nova professora de seu filho, Sarah.

Sarah vem de um casamento desfeito, carrega consigo uma dor profunda. Ela também tem uma história triste para contar e sentimentos angustiantes cultivados dentro de si.
Pessoas comuns que sofreram cada um a sua própria dor e que a sentem de forma intensa, mas que de alguma maneira precisam refazer suas vidas.  Esse é o ponto forte da trama e Nicholas Sparks tem o dom de passar para o papel uma torrente de emoções fortes que dão ao leitor mais do que uma simples distração.

O que ele escreve tem sentimento, tem profundidade, acredito que esse seja um dos motivos pelo qual eu admiro tanto suas histórias e que não consiga resistir a elas.

Nicholas Sparks tem o poder de escrever histórias de certa forma similares, mas que de alguma maneira fogem completamente das comparações, cada um de seus livros é único. Seus personagens sofrem e amam com a mesma intensidade, eles se superam apesar da dor e transformam enredos clichês em ótimas leituras.

Uma curva na estrada foi um livro fácil de ler, e que nos brinda com um personagem bem incomum, ele nos conta sua história entremeada à dos personagens Sarah e Miles, e essa foi uma das coisas que mais gostei no livro. O autor, com esse personagem, cria um suspense e uma dúvida durante toda a história; quem seria aquele que nos escreve? Que importância ele tem na trama? E quando as perguntas são respondidas a história entra num clímax perfeito, tornando o final do livro em algo inesperado.

Minha predileção por dramas familiares só me faz ainda mais fã do autor e assim não conseguir negar que amo seus livros. Uma curva na estrada é com certeza uma leitura super gratificante, onde o autor consegue agregar suspense, personagens complexos e um final eletrizante e totalmente emocional.

O livro deixa boas lembranças e indico como um Nicholas Sparks autentico. Se você já conhece a escrita do autor, acredito que também irá gostar.

16 comentários:

  1. Que legal Leninha, adoro tuas resenhas, vc sempre me deixa curiosa pra saber quais os segredos dos personagens!
    Adorei!
    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Lena!
    Até que esse não teve tanto drama, né? kkkk
    Até me assustei no final, por ele ser tão bonito \o/
    bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nicholas Sparks usando a formula invertida, kkk
      Só os fãs entenderão, kkkk

      Excluir
  3. Já está na minha lista "quero ler".
    Valeu a dica e sua ótima resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Leninha, esse livro não me cativou tanto porque eu não consegui engolir as atitudes do protagonista, mesmo elas tendo fundamento >< hahahahahhahah
    Mas, de maneira geral, foi sim uma leitura bastante agradável! Gosto muito do Nicholas Sparks e os dramas que o autor escreve são sempre recheados de sentimentos, sempre histórias lindas!

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente algumas atitudes de Miles foram bem extremistas, mas tentei a todo momento me colocar em seu lugar e consegui entender a todas elas.
      Nicholas Sparks é o cara, sem chance de ser barrado, kkkk

      Excluir
  5. Sparks é sem comentários pode até parecer que são os mesmos ingredientes, mas os livros acabam dando certo.
    Estou curiosa por essa história, quem será que atropelou a Missy?

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a pergunta que nos assombra durante toda a leitura, e acredite, vale a pena descobrir.

      Excluir
  6. Oi,

    Ainda não li esse livro, mas fique mt curiosa para saber o que vai acontecer. Mas, uma coisa é fato vou acabar chorrando rsrs

    Bjs!!

    http://viciadospelaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro me trouxe lágrimas aos olhos sim, mas de emoção com o final perfeito.
      Com certeza vale a pena ler.

      Excluir
  7. Oi Leninha, como fã do autor não posso deixar de conferir este livro, mas um porém, estou achando as capas da editora muito parecidas umas com as outras.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que a editora optou por um padrão de capas para os livros do Nicholas Sparks, eu gosto, mas tem muita gente que não.

      Excluir
  8. Oi. Citamos essa resenha lá no nosso site:

    http://nicolassparks.com.br

    Abraço!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos