O Príncipe da Névoa - Carlos Ruiz Zafón

Uma casa na praia abriga um mistério inimaginável...
Em 1943, a família do garoto Max Carver muda para um vilarejo no litoral, por decisão do pai, um relojoeiro e inventor. Porém, a nova casa dos Carver está cercada de mistério. Atrás da casa, Max descobre um jardim abandonado, que contém uma estranha estátua e símbolos desconhecidos.
Os novos moradores se sentem cada vez mais ansiosos: a irmã de Max, Alícia, tem sonhos perturbadores, enquanto a outra irmã, Irina, ouve vozes que sussurram para ela de um velho armário. Com a ajuda do novo amigo, Roland, Max também descobre os restos de uma barco que afundou há muitos anos, numa terrível tempestade. Todos a bordo morreram, menos um homem - uma engenheiro que construiu o farol no fim da praia.
Enquanto os adolescentes exploram o naufrágio, investigam os mistérios e vivem um primeiro amor, um diabólico personagem começa a surgir: o Príncipe da Névoa, capaz de conceder qualquer desejo a uma pessoa - mas cobrando um preço alto demais...

Quero contar uma historinha sobre o início da leitura desse livro: 

“Estava eu na portaria do prédio onde moro, na minha incansável espera pelo carteiro, quando recebi o livro, enviado pela Editora Suma de Letras. Comecei então a ler já que não havia levado nenhum exemplar para me acompanhar na minha longa espera. Inesperadamente eis que me vi lendo sem parar, totalmente fisgada por uma escrita instigante, e já apaixonada pelos personagens e todo o mistério envolvendo esse pequeno livro”.

E foi assim que comecei a leitura de O Príncipe da Névoa, o primeiro livro que leio do autor. Uma narrativa simples, gostosa, misteriosa e cheia de suspense. Com cenas de acelerar o coração - de medo e expectativa -, numa singela história de três amigos que buscam desvendar um mistério.

Não vou falar muito da história, até porque a sinopse esclarece bem o que encontraremos durante a leitura. Apesar de ser um infantojuvenil, o livro encanta e nos brinda com uma história na qual todas as amarras são muito bem elaboradas, um livro que criará fantasias inimagináveis na cabeça do leitor, e que irá prender da primeira à última página.

Em suas aventuras, Max, Roland e Alícia se tornaram um trio de amigos inseparáveis para a vida toda. Porém o destino dos três ainda tinha muitas suspresas pela frente, surpresas essas, que iriam mudar para sempre suas vidas.

Uma leitura que narra os encantos do amor adolescente, que nos remete a descobrir um mistério envolvendo um pacto demoníaco, com a presença de seres assustadores que dão o tom de arrepio e quase terror à história. Como o próprio autor nos fala no início da leitura, esse é um livro para todas as idades que agradará qualquer tipo de leitor.

Zafón conseguiu me encantar com sua narrativa e me fazer torcer pelo final feliz da história, e posso garantir que ele foi bem condizente com o enredo proposto e que mereceu de mim quatro estrelas e meia. Acredito que a sensação ao término da leitura foi inebriante, quase uma falta de ar. A história só não levou cinco estrelas pelo simples fato de que eu queria mais, muito mais.

Acredito que Zafón deve ter melhorado sua escrita na sua longa trajetória como escritor, mas apesar de esse ter sido seu primeiro livro escrito, acho que ele foi bastante feliz em nos presentear com essa história tão simples e lindamente narrada, que com certeza irá se manter viva em minha lembrança por muito tempo. 
É isso que acontece quando um bom livro cai nas mãos da pessoa certa, na hora exata.

Recomendo a leitura com a certeza de que os fãs do autor irão amar; e quem não o conhece, vai querer conhecer e ler mais, muito mais dos seus livros.
Aconteceu comigo!!

10 comentários:

  1. Oi Leninha!
    Eu adoro Zafon, jah alguns de seus livros e sao tao bons!

    Este tah na minha lista de leitura.
    =)

    Bjo.
    Daniela Tiemi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você já deve conhecer bem a escrita do autor. Espero que esse, por ser o seu primeiro livro escrito, seja tão legal a leitura quanto os que vc já leu!
      Beijinhos!

      Excluir
  2. Oie, eu apesar de nunca ter lido nenhum livro de Zafon, eu gosto dos livros dele. parecem ser tão bom! Quero muito ler "O Príncipe da nevoa". :D

    Beijos
    Carinho das Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você leia logo e que aprecie tanto quanto eu!
      Beijinhos!

      Excluir
  3. Oi! kkkkkkkkkkkkkkk aconteceu o mesmo comigo. Queria que o livro fosse maior. Eu já li todas as outras obras do autor e ele é o meu preferido!
    Confira minha resenha também: http://donnaflaviaa.blogspot.com.br/2013/02/o-principe-da-nevoa-zafon.html

    Aguardo seu comentário!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos identificamos né lindona?!
      Depois vou dar uma olhada na sua resenha, beijos!

      Excluir
  4. Leninha, eu ainda quero ler outros livros do Zafón, mas esse não me prendeu não.

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei Nanie, peguei de cara o fio da meada e adorei o desenrolar da trama.
      Pena que ele não tenha te prendido, mas acho que vc ainda vai dar chance ao autor, não é?!
      Beijinhos!

      Excluir
  5. Oi Lena!
    Eu só li um livro do autor e não gostei muito o.O
    Fiquei traumatizada com a história e não tenho coragem para ler outro, rs.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esquece o trauma amiga e se joga, livro fininho, história legal... Quem sabe né?!
      Beijinhos!

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos