Pobre não tem sorte - Leila Rego

Mais uma resenha da Nanda aqui no seu cantinho, hoje com vocês: Pobre não tem sorte - Leila Rego

Sinopse:
Toda garota do interior sonha em se casar com o cara de seus sonhos, ter uma casinha, filhos e ser feliz até que a morte os separe, certo?
E se esse cara for lindo, rico, super fashion e divertido?
E se tal "casinha dos sonhos" for um mega apartamento no melhor bairro da cidade?
Uau! Mariana encontrou o cara perfeito e vai se casar com ele!
E nada de casinha! Isso é coisa de gente que pensa pequeno. Mariana vai ter o apartamento dos sonhos que já vem incluso no pacote: case com um homem rico e vá morar em grande estilo.
E quanto a filhos e ser feliz até que a morte os separe... Bem, ela ainda não pensou nesses detalhes. Afinal as prioridades vão para as coisas bem mais interessantes como, por exemplo, o vestido de noiva perfeito, o que o colunista vai dizer sobre o seu casamento no tablóide de domingo, o que as amigas e inimigas irão comentar, quem entrará na lista de convidados para sua despedida de solteira, etc.
Mas isso só sura até um dia em que Mariana...

Olha, eu adoro chick-lit e esse veio na medida certa. Ri muitos com as trapalhadas da Mari. Às vezes tive vontades de estapeá-la (risos).  Mas também tive vontade de dar um abraço forte.
 
A Mari é do interior de São Paulo (Prudente) e vem de uma família humilde. Ela namora o Edu há sete anos. Aliás, eles vão se casar. Edu é um rapaz lindo e fofo da cidade que tem uma família de classe média.
 
Mas Mariana é a personagem mais fútil que eu já encontrei na literatura. Chega a dar nos nervos. Ela chega a pedir demissão no emprego (estando cheia de dívidas) para cuidar dos preparativos do casamento (fazendo mais dívidas).
 
Ela é egoísta, quer ser rica, famosa, só quer andar com as melhores roupas, sapatos e bolsas, e não vê que as pessoas que a amam não buscam isso nela. Até o Edu começa a perceber que ela não é mais a mesma Mari de quando ele se apaixonou.
 
Então aparece Clara, uma amiga verdadeira que fala algumas verdades para Mari. Será que ela vai finalmente ver que o que importa não é a aparência? Será que ela começará a mudar seus conceitos de vida? Só lendo para saber.  

Eu recomendo!

3 comentários:

  1. Oláaaa! UAaau! Adorei a resenha.. Ficou um suspense de querer ler o livro pra ONTEM..... Esse foi para minha listinha de desejados *.*

    Suuuper beijo
    http://estoulendoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nanda.

    Já li este livro, mas o da capa anterior.
    Ri demais das loucuras dessa patricinha.
    Já leu o segundo? Tem uma cena na Argentina que foi impagável!
    Leia que vai amar!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Nanda, este é meu livro para o mês que vem do Desafio Literário 2013. Estou ansiosa!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos