Top Melhores Leituras 2012, por Vivi


Essa coisa de fazer um balanço dos ativos e passivos do ano, bem como de colher tudo o que se aproveita e seguir em frente, traz-me mais recompensas do que dissabores.  Por isso, amo esse ritual da retrospectiva. É verdade que esse não foi um ano fácil. O ser leitora, condição que me enche de prazer, foi deixado de lado por força maior. Eita fase apagadinha! Pouco li.  Mas, choradeira para quê? É fim de ano! Vida que segue...

No que tange ao post, é leitura que segue. Como de praxe, atenho-me à postagem típica de fim de ano. Top 5 do que de melhor (re)li esse ano. Geralmente tais postagens apresentam um rol de leituras novinhas em folha, contudo, uma vez concursanda, não houve tempo e fôlego para ser uma leitora típica. Aliás, estou longe de ler no ritmo fabril como o fazem os mais vorazes dos leitores.  Em 2012, tive que me valer das releituras mesmo. E a modus lentíssimo, vale frisar.

A meu ver, leituras inéditas requerem do leitor, no mínimo, um tempo qualidade para o bem da recepção da história. Tempo é artigo raro na vida que ora tenho levado. Claro, sinto uma baita falta de atirar-me em cima dos livros que não li e que estão aqui do ladinho a atrair-me com as suas lombadas deliciosamente convidativas. Porém, no cômputo geral, passei muito bem na companhia de alguns velhos camaradas. Não posso reclamar, afinal só relemos aquilo de que gostamos. Igualmente, releituras abrem um cenário de novas descobertas. Como afirma Borges, releituras renovam o texto. Quem sou eu para desdizê-lo?  Mas, é fato. Por experiência própria, as releituras tornam fácil o ler nas entrelinhas. Portanto, deveria ser mais estimada e praticada. Da minha parte, recomendo. Mas, deixemos de lero-lero, pois é chegada a hora dos melhores do ano segundo eu mesma.
Leia as resenhas clicando nos títulos dos livros. 


A cereja do bolo das leituras inéditas que fiz. Uma história cuja perspectiva pra lá de original encantou-me, deixando-me com mais fome de ler os livros subsequentes da série Nought and Cross.  Não é apenas uma história de amor. Mas uma grita contra tudo o que representa a discriminação racial. Não se baseie em classificações etárias e de gênero, vá por mim.  Ao elevar a expressão “colocar-se no lugar do outro” a um patamar real e concreto, a autora constrói a trama com inteligência e mais: leva o leitor a compreender emocionalmente  o mundo do outro bem como os bastidores das relações humanas.

AMO em maiúscula cada linha de inventividade e originalidade presente nesse livro. Desde que o li no ano passado, é presença certa na minha agenda de releituras. Sua leitura exige paciência e boa vontade do leitor. Não porque o livro seja extenso (672 páginas), mas sim por sua estrutura narrativa. O autor é minucioso nos detalhes, o que implica longas descrições. Eu não as considero entediantes, mas tem quem considere.  Mas, na resenha que fiz, tento justificar o porquê de tais descrições. No mais, o romance de Dahlquit é mix de quase tudo. Intriga, suspense, um quê de erotismo, ficção científica (Steampunk), aventura e fantasia. Não suscita recepções unânimes. Porém, uma vez concedido o benefício da dúvida, é daquele tipo de livro capaz de levar o leitor a abandonar-se por completo em suas páginas.

Eu simplesmente amo essa história. Sempre me comovo com a trajetória de Fiona, a protagonista.  A obra apresenta alguns clichês típicos de histórias de superação, mas o contexto histórico da sombria Londres de 1888 é bem trabalhado pela autora tornando a trama mais atrativa aos meus olhos. Amo o casal Fiona e Joe; e, ainda hoje, depois de reler  “O chá do do amor” inúmeras vezes, sinto intensamente os desencontros e as reviravoltas presentes copiosamente no romance.

Não é o melhor livro da série. Aliás, notei algumas pontas soltas aqui e acolá. Porém, no esquema geral da obra, ainda me divirto pra valer com a história. Desconheço uma trama que me leva a tecer tantas pseudoanálises psicológicas quanto essa.  Crio teorias e fico esperando os próximos episódios para confirmá-las ou refutá-las. É muito divertido! Mesmo ao assustar-me com a revelação da autora que espera ainda escrever o décimo livro da série em um futuro próximo, prossigo em lê-la até segunda ordem. 


Lembro-me de que ri muito com essa leitura. Não que seja uma comédia. Está bem distante disso, na verdade.  Trata-se de um drama geracional muito bem contado. Mesmo tendo o sofrimento como aspecto fundamental da narrativa, impossível não rir com a “vilã” carismática de Ishq e Mushq.  Para quem gosta da cultura indiana e de pensar além dos limites do romance, recomendo a leitura.  


That’s all, folks! Desejo-lhes um ótimo fim de ano. E que o circuito de 2013 lhes seja favorável à vida e às boas leituras.

Até a próxima!


10 comentários:

  1. Vivi, não li nenhum dos livros do seu TOP.

    Fiquei interessada no TOP 1, mas não leio Chelsea Cain de jeito algum. kkk

    Um 2013 cheio de paz e mais tempo para a leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliana!Obrigada, querida. Desejo que, em 2013, você tenha um ano pleno de realizações e de alegrias reais e literárias. Eu compreendo quando alguém diz não querer Chelsea Cain. Realmente o clima de seus livros não é lá muito agradável. ;)

      Excluir
  2. Vivi amei suas escolhas!
    Sempre quis ler esse livro O Chá do Amor, agora muito mais, me coçando para comprar, mesmo estando caro.
    O Devorador de sonhos eu vi em suas mãos e me encantei, depois lendo sua resenha foi para a lista de desejos.
    O 1º e o 4º da lista não fizeram muito minha cabeça, mas esse último eu achei muito cut, cut.

    Adorei seu post e todos os outros que você me presenteou durante o ano, só desejo bençãos na sua vida em 2013, e que possamos estar aqui, juntas e sempre presenteando os leitores com ótimos textos.

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leninha, obrigada pelo espaço, oportunidade e por sua sempre excelente recepção. Eu acho o Chá do amor bem a sua cara. Ishq e Mushq é uma boa pedida para os fãs do gênero realismo mágico.

      Querida amiga, que você receba dos céus um 2013 da hora, repleto de amor, paz, alegria, saúde e otras cositas buenas, chica!

      Beijocas

      Excluir
  3. Ainda não li nenhum desses livros, mas me interessei pelo da Chelsea Cain. Vou procurar mais sobre a série!

    Beijo,
    http://confesionesenpalabras.blogspot.com.br/
    & http://entaoqsd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Agora entendi. Você viveu de releituras, sua danada! Não li nenhum deles, só conheço a Chelsea Cain (digo, só li um outro livro dela) e desde então não me animei a ler o resto.

    Puxa, eu devia tomar vergonha na cara e virar concursanda de novo. Mas me desanima essa vida escrava que acaba tomando nosso tempo. Ando muito hedonista...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Desses eu não li nenhum
    Mas gostaria de ler O chá de amor *-*
    E amei o novo visual do blog, meus parabéns

    Beijos
    Boas festas *-*
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, Vivi!


    Adorei seu post e fiquei curiosa sobre três livros: O Jogo da Velha O Chá do Amor e Coração Maligno. Espero um dia poder lê-los!


    Que 2013 seja um ano abençoado para você e que você venha aqui nos trazer mais dos seus maravilhosos posts! :D

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Não li nenhum deles e me interessei muito pelo segundo.
    Postei os meus melhores no meu blog se puder dar uma passadinha.

    Bjs
    Ida
    http://livrosumvicio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Vivi, não acredito que não li nenhum livro da sua lista O.o Que terror isso... tenho dois dos livros, O Chá do Amor e Coração Maligno, que ainda não li - com sua indicação agora, pretendo remediar logo isso!
    E agora vendo Ishq e Mushq na lista, me arrependo de não tê-lo comprado quanto tive a oportunidade >< Fica para a próxima.

    Como você eu adoro reler livros - não por falta de tempo, porque na minha loucura literária releituras são mais demoradas do que a leitura de um livro inédito.

    Bjos,
    Nanie

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos