Príncipe Sombrio - Christine Feehan

Hoje com vocês mais uma resenha da Tícia. Esse livro é um daqueles polêmicos que fizeram furor na blogosfera quando da sua publicação, devido aos erros de tradução e ortografia. Eu ainda não lí, mas a Tícia nos brinda hoje com sua opinião sobre essa história. Talvez eu ainda leia, já que tenho ele aqui na minha estante. Mas vamos parar de conversa e ler logo a resenha da Tícia. Espero que todos curtam e deixem seus comentários.
Com vocês...
 
Príncipe Sombrio - Christine Feehan
 
Sinopse:
Mikhail Dubrinksy é o Príncipe dos Cárpatos, o líder de uma sábia e secreta raça ancestral que vive na noite. Tomado pelo desespero, com medo de nunca encontrar a companheira que iria salvá-lo da escuridão, a alma de Dubrinksy gritava na solidão. Até o dia em que uma bela voz, cheia de luz e amor, chegou a ele, atenuando sua dor e seu anseio. Raven Whitney possui poderes telepáticos e os utiliza na captura dos mais depravados serial-killers. Desde o momento que se conheceram, Raven e Mikhail foram incapazes de resistir ao desejo que faiscava entre eles. Mas forças sombrias tentarão destruir esse frágil amor. E mesmo que sobrevivam, como poderão - cárpato e humano construir um futuro juntos?


Todo mundo sabe que de uns anos pra cá, a ficção especulativa vem caindo na graça dos leitores de uma forma vertiginosamente crescente.
Nem preciso gastar meu tempo e sua paciência falando sobre o quanto livros assim estão bombando nas livrarias ou sobre a quantidade de autores que escrevem exclusivamente coisas do gênero.

É uma vampirada, uma bruxaiada, uma lobisomeada, uma deusaiada tão grande que me sobejam os “adas” e os neologismos. Até livro sobre demônios bonzinhos eu já vi que tem. Desculpem-me aqueles que gostam, mas dessa eu tive que rir.
Bem, só sei que no meio dessa miscelânea fantasiosa estou eu, uma leitora muito das desconfiadas, munida de cara de paisagem e uma nostalgia colossal dos tempos em que esses ‘monstros’ eram os vilões e não os mocinhos.

Aaaaahhhh! Então você não gosta de fantasia, hum?
Alto lá, não é bem assim. Tem muita coisa legal nesse estilo fazendo jus à boa fama e que eu gosto pra Caramba da Souza e Silva.
A minha implicância, na verdade, está na fórmula ‘história de amor + sobrenatural’.
Não adianta, eu tento, mas não dá pra mim. Prefiro os romances verossímeis, em consonância com nossa realidade.

Daí você pensa: xiiiiiii... ela não gostou de Príncipe Sombrio.
E eu penso: xiiiiiii... vão me esculhambar geral porque, realmente, este livro não caiu nas minhas graças.
Mas vou explicar.

A ideia é boa.
Os mocinhos são simpáticos.
Algumas cenas me surpreenderam positivamente.
Mas a história não me envolveu e nem me pegou de jeito, demorei séculos para terminar a leitura.
Sei lá o que aconteceu.

Mas falando na história, vamos ao enredo.
Os Cárpatos são uma raça que não são humanos nem vampiros. Eles bebem sangue, mas não matam pessoas para se alimentarem; não andam no sol, mas se o fizerem não explodirão em chamas cinematográficas ou brilharão a la Cullen; e, acredite, têm poderes para se transformarem em outros seres ou coisas.

Os Cárpatos machos são notoriamente conhecidos pela total devoção às suas fêmeas, ou seja, por que não tem um Cárpato para cada uma de nós? Eles amam com intensidade, protegem com a vida sua companheira e criam um vínculo tipo alma gêmea.
Quer mais? É pra vida t-o-d-a. E eles vivem eternamente.
Reafirmo em uma voz levemente esganiçada: cadê meu Cárpato?!

E dentre esse povo temos Mikhail Dubrinksy, o líder do grupo.
Em um belo dia, enquanto conjeturava alguns pensamentos suicidas, ele acaba conhecendo telepaticamente a humana Raven. Resumindo: o hômi não quis nem saber se 2+2 não são cinco e logo abocanhou a muchacha, seduzindo-a sem piedade e transformando-a em uma fêmea de sua espécie.

Mas Raven não aceitou tal possessividade e imposição dissimulada de forma passível e doce.
Enquanto muita gente achou essa mocinha teimosa, eu gostei da bichinha. Ela resistiu ao mundo sobrenatural e à sua transformação porque ainda pensava e agia como humana, isto é, seu corpo mudou, mas a mente não. Por isso, relutou à beça e fez algumas besteiras ao longo da história.

Mas as coisas não seriam tão simples porque alguém quer acabar com os Cárpatos. Humanos? Outro morto vivo? Algo desconhecido?
Essa é a parte que eu mais gostei porque o suspense deu agilidade à trama.
E diante de tudo o que falei, você pode pensar: que chata você é, parece bom!
Como eu disse, a premissa é boa, mas algumas coisas fizeram a qualidade da trama cair e, como consequência, minha birra alcançar níveis perigosamente infantis:

=> A história em alguns momentos ficava arrastada e eu, que tenho atenção mais curta que de criança, começava a me distrair. Até a goteira na casa do vizinho me levou 15 minutos de meditação sobre o desperdício de água no mundo.
=> Muitos diálogos repetitivos e longos. Coisas que poderiam ser faladas em cinco linhas, a autora gastava cinco folhas. E numa meia dúzia desses blábláblás intermináveis, eu percebi que minha paciência está em dia.
=> Cenas deslocadas que iniciavam ou terminavam do nada. Tinha hora que eu tinha de voltar e procurar onde perdi o fio da meada, mas acabei percebendo que o texto é que não possuía lógica em algumas partes.
=> Excesso elemento sobrenatural. Até em névoa Mikhail se transformou... poxa, névoa? Achei isso o Ó. E tinha um tal de beber sangue uns dos outros que o negócio parecia self service.

Fora o texto. Tinha tanta oração esquisita, sem coesão e coerência que eu comecei a me irritar. E olha que eu nem esquento muito a piolhenta com essas coisas. Logo pensei: tradução?
Mas eis que depois de todo esse sofrimento, eu leio o seguinte comentário da Tonks no Skoob:
“Essa versão de Príncipe Sombrio não é a publicada há 12 anos, e sim uma comemorativa chamada Dark Prince: Author's Cut Special Edition, na qual há um acréscimo de cerca de 100 páginas inéditas, trechos novos inseridos dentro da narrativa antiga.
Eu tenho certa preocupação em relação a isso, o original era mais enxuto, mais ágil. Quem não souber do fato poderá achar que a autora escreve com sobras, por isso vale a pena comentar que é a edição especial para fãs.”

Então há outra versão? Sem diálogos nonsenses, excessos e coisas esquisitas? Tô dentro! Quem sabe numa dessas, a história fica melhor pra mim?

Mas uma coisa eu não posso deixar de dizer: o livro tem partes boas, muito boas, tem romantismo, um mocinho tudodibão e, claro, um tórax de 3 metros na capa.
E se você gosta de um romance regado a fantasia e não chegou ao meu nível de enjoamento, será um prato cheio!

Recomendo? Apesar das ressalvas, até que sim.
 ; )
 

29 comentários:

  1. Ticia, adorei sua resenha!

    Eu sou suspeita para falar dessa série, pois já li todos os livros da série em ebook e fiquei feliz demais quando a Universo decidiu publicar.

    Como em toda série grande existem livros muito bons e outros medianos, que na minha opinião é o caso de Príncipe Sombrio.

    Espero que você leia Desejo Sombrio, antes de desistir da série, é um dos meus favoritos da imensidão de homens TDBS criados pela autora.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju!
      Já leu todos? Poxa... é um troção de série, não é?

      Sei lá, acho que o problema tá comigo, não sou muito chegada em romances com sobrenatural. o meu lado racinal fica o tempo todo num constante "aaaahh, fala sério! Isso não existe!" kkkkkkkkk

      Mas pq vc tá falando, vou dar uma chance ao Desejo sombrio. Quem sabe eu gosto, né?

      bjoooooooo

      Excluir
    2. Ticia e ju,

      Eu li duas vezes o Principe sombrio, pois amo o Mikhail, mas convenhamos.... tem realmente um exagero de self-service de sangue. kkkk

      Ja o Desejo Sombrio eu abandonei, acreditam? Euzinha abandonar um livro? POis é! Achei chaterrimo!!! Acho que não era o meu momento. Na realidade, gosto mesmo é de um romancão agua com açucar! hihih

      bj meninas

      Excluir
    3. Flááááááááááááááááááá!
      Eu tb tenho uma quedona pelo Mikhail e te falo que se ele quisesse, poderia fazer um self service, um lanche rápido, um jantarzinho ou o que mais fosse no meu pescocitio! kkkkkkk

      Mas a história é que é mais pra lá que pra cá. Viajei legal... kkkkkk

      Excluir
  2. Também já li esse livro ou melhor me arrastei pelas páginas. O tal Mikhail pode ser o gostosão mas é maxista demais.E é impressão minha ou ele praticamente violentou a Raven sem nem se preocupar que a moçoila era virgem?
    Desejo Sombrio deu uma mudada na série, não muito, mas é bem melhor.
    Um fELIZ NATAL PRA E TODA A SUA FAMÍLIA E UM ANO NOVO CHEIO DE BENÇÃOS. Bjos e estrelinhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Meros!
      POiZé, eu tb me arrastei pelas páginas. Realmente não me envolvi na trama, ô sacrifício. Mas o texto atrapalhou bem, viu?

      É, a primeira vez deles foi meio estranha mesmo. Quando li fiquei com cara de "Como assim?".

      Tô pensando em dar uma chance pro Desejo sombrio, vamos ver...

      Ótimo fim de ano pra vc tb! ; )

      bjoooooooooo

      Excluir
  3. Ticia,

    Como sempre sua resenha está MARAVILHOSA! No quesito sobrenatural sou parecida com vc, não gosto. Pra mim se torna mais comédia, pq eu taco a gargalhada com qq coisa q não seja verossímil. Esse eu nem dei chance ainda. Mas quem sabe,né? Um dia... talvez... na próxima
    encarnação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thalita,
      exatamente!!!! Eu começava a rir quando alguma coisa bizarramente esquisita acontecia.
      Nos momentos em que o mocinho virava bicho e etc, meu cérebro brigava com o lado zen. kkkkkkk
      Não deu me desceu. kkkk
      bjoooooooooooo

      Excluir
  4. Oiiii
    TICIA amoo suas resenhas morro de rir com o seus comentarios
    "É uma vampirada, uma bruxaiada, uma lobisomeada, uma deusaiada tão grande que me sobejam os “adas” "

    Meu Deus só vc msm...Parabéns
    ainda não li esse livro esta na fila ano quem vem eu encarro ele.
    bjusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabíola!
      Encara sim que às vezes vc gosta.
      É uma filaiada de livro que não tem fim, né? kkkkkk

      bjoooooo

      Excluir
    2. kkkk

      Bota filaida nisso, menina! Nem me fale! E o meu top? TOP TOP FURA FILA. TOP TOP TONKS. TOP TOP PIREGUETAGEM. e assim vaiiiiiiiiiiiiiiiiiii kkkkkkkk

      TOPOIADA!!!!!!!!!KKKKKKKKK

      Excluir
    3. Topoiada?
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      De todos os ADAS desse post, esse é o melhor! kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  5. Oi, Ticia.

    Assim como você, este livro me trouxe sentimentos contraditórios.

    Gostei muito da trama, mas concordo plenamente que algumas cenas foram desnecessárias. Li uma versão em espanhol e era bem enxuta, o que foi bem envolvente e diferente desta como a Tonks explicou no Skoob.

    Quanto aos problemas de revisão, juro que fiquei traumatizada! Mas a trama é interessante!

    Nunca gostei de livros sobrenaturais, foi "Crepúsculo" que me iniciou neste mundo e em seguida "A Irmandade da Adaga Negra" e não parei mais.

    Li "Desejo Sombrio" e gostei muito mais da história do atormentado Jacques, que é bem distinta deste. Foi uma delícia, apesar de alguns erros ainda persistirem.

    Me divirto com as suas resenhas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla,
      poiZé, eu li Crepúsculo e até gostei, mas não deu certo esse aí. De repente foi a tradução e a tal encheção de linguiça que fizeram aa história ficar esquisita pra mim.
      É, o pessoal tá falando do Desejo sombrio. Hoje eu fui na Saraiva, peguei ele, pensei com meus botões, mas me lembrei do Mikhail virando névoa e broxei. kkkkkk

      bjoooooooooooooooooo

      Excluir
  6. Tícia, como sempre me surpreendendo com as suas resenhas, eu AMO o jeito que você escreve, suas resenhas não são chatas e monótonas e sim agradáveis e interessante e nos deixa numa vontade de ler o livro que só!!! rs
    Vamos ao comentário sobre o livro, pra falar a verdade nunca me interessei nesse livro, mas sou do tipo que se vê uma crítica tanto ruim como boa fica louco pelo livro, achei pela sua resenha a história forçada, entre tantos livros de vampiro atualmente que se o autor (a) não se sobressai com a história não ganha público,mas adorei a parte que você fala que eles amam Intensamente e loucamente e foi isso que mais me chamou a atenção!!!
    Quem sabe um dia eu não leia!!! Até que faz bem meu estilo sobrenatural ...
    Enfim, Tícia Parabéns Pela ótima resenha
    Um Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaaaaaaaaa!!!
      Que prazer a sua pessoa aqui no blog!
      Eu tb sou chegada a um tumulto literário, mas tem livro que não dá.
      Esse aí realmente tem umas coisas chatas, mas as meninas falaram aqui no blog da continuação que é melhor, o Desejo sombrio.

      Uai, às vezes vc gosta, né? O livro não é de todo ruim, são só aqueles pequenos 908374969485 detalhes que eu não gostei. kkkkkkk

      bjoooooooooooooooo

      Excluir
    2. Ahh Tícia, você sempre comenta as minhas resenhas no Blog da minha irmã e você sabe como amo as suas resenhas, sempre é muito bom ler, então agora vou ter que ler esse livro pra saber minha opinião .. rsrs é série né? Você sabe de quantos??

      É em alguns detalhes que faz toda diferença né!! rs

      Bjo!

      Excluir
    3. eita

      Um bentido fruto entre as mulheres\!!!!!!!!!!!!! kkkk

      È irmão de quem?

      Ja falei que destestei o Desejo sombrio? Pois é ... mas gosto é gosto... tem que ler pra tirar a duvida.

      bj

      Excluir
    4. Rafa,
      é uma penca de livros, mas publicados aqui são só 2. O resto é ebook. Nem sei quantos são, mas vou procurar saber.
      Lê sim, uai! E depois vai me falar o que achou, hein? Nem que seja pra falar mal como a gente faz de vez em quando! kkkkkkk

      bjoooooooooooo

      Excluir
    5. Flá!
      Esse é o Rafa, meu migo do Skoob. Ele escreve no blog da irmã.
      Um amooooor de pessoa, do jeito que a gente gosta! kkkk
      Esse Desejo sombrio divide opiniões, hein? Teve gente que gostou e vc não.
      Vou ter que ler!

      E com isso, a pilha vai crescendo...

      bjoooooooooo

      Excluir
    6. Ei Ticiazinha

      Divido o migo com a gente! Adoro conhecer novos apaixonados por livros.

      Isso mesmo! Leeeeee quem sabe vc gosta.....acho dificil... kkkk mas quem sabe...

      Excluir
    7. Ei pode me add no Skoob e seguir minhas resenhas no Blog, Livros Pura Diversão ^^ rs

      Excluir
    8. Aí, Flá!
      Adiciona o Rafa lá no Skoob, ele é dos nossos! kkkk
      Né, Rafa?

      Excluir
    9. Aham sou sim, Louco por livros *-*

      Excluir
  7. Oi, Tícia, tudo bem? Claro que gostei de sua resenha, como sempre, mas sabe que eu tb não gostei desse livro? E olha que eu amo romance paranormal, ma sei lá o que deu...demorei pra ler e não consegui amar a história; mas foi como vc falou, teve partes até que legais, eu que não me identifiquei com o livro...bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Noemi,
      Vc tb agarrou na história? Que coisa, né?
      Agora, imagina: vc que gosta de romance paranormal ficou agarrada, imagina eu?
      Eu simpatizei com os personagens, só por isso continuei, mas a história... ôxi!

      bjooooooooooooooooooooo

      Excluir
  8. Espero conhecer esta série em 2013, visto que este ano não deu. Aproveito para desejar um Feliz Natal, cheio de paz, amor e saúde.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii!
      Isso, leia a série mesmo. As opiniões são dividas e muita gente gostou.
      Se vc gostar de um sobrenatural, será prato cheíssimo!
      Ótimas festas de fim de ano e um 2013 excelente pra vc tb! ; )
      bjoooooooooo

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos