Protegido pelo porto - Nora Roberts

No terceiro e último volume da Trilogia da Gratidão, os três homens que se uniram num momento de necessidade, a fim de honrar o último desejo do pai, estão novamente reunidos. A família Quinn nunca esteve tão fortalecida. Entretanto, os meses passam, e a sua força e união são colocadas em teste, mais uma vez.
Phillip Quinn fez de tudo para sua vida parecer perfeita. Com uma carreira bem-sucedida e um apartamento com vista para o mar, em Baltimore, sua vida nas ruas ficara definitivamente para trás. Entretanto, bastou olhar para Seth, e Phillip recordou o menino que ele próprio fora no passado. Phillip pretendia cumprir a promessa que fizera ao pai em seu leito de morte, razão pela qual considerava Seth como uma obrigação. Jamais imaginara que pudesse vir a amar o menino. Em pouco tempo, sua promessa ao pai deixou de ser apenas uma obrigação. E o futuro de Seth como membro da família Quinn parecia assegurado... até que uma estranha chega à cidade. Ela alegou estar fazendo pesquisas na pequena St. Christopher para seu novo livro, mas o verdadeiro objetivo de suas observações são os Quinn. Reservada e distante, ela deixa Phillip intrigado. Ele está determinado a desvendar as suas verdadeiras intenções, mas ela esconde um segredo que tem força o bastante para ameaçar a vida que os irmãos haviam preparado para Seth. Um segredo que pode separar a família... para sempre

É com um sorriso nos lábios e enorme pesar que me despeço dessa trilogia, que fez parte da minha rotina durante três meses. Conhecer os irmãos Quinn foi como fazer parte de uma nova família, vislumbrar seus dramas, torcer pela resolução de seus problemas, sorrir e me emocionar com suas trajetórias de luta e superação.

Foi um imenso prazer conhecer Cameron e seu humor insuperável, Ethan e sua doçura contida, Phillip e seu lado sarcástico e finalmente Seth, que ao longo da trilogia supera seus medos e se torna a liga que une essa família tão incomum.

Mas hoje o personagem principal é Phillip, que transita por toda a série mostrando que nem só pela força se ganha, mas que inteligência e perspicácia também são instrumentos indispensáveis para vencer.
Phillip conquista o leitor com seu jeito sutil, fino, conquistador e de bem com a vida, ele leva suas responsabilidades muito a sério, e tem uma vida tranquila e bem-sucedida. Quando se trata de relacionamentos, prefere curtir uma boa companhia sem envolvimentos emocionais, mas calma, Phillip não é um cafajeste, ele é um gentleman. Ele conquista as mulheres com seu rosto bonito, seu requinte insuperável e sua classe. Não dá para desconfiar que por baixo de tanto refinamento existiu uma menino que já passou por uma vida miserável, que precisou provar não só a ele, mas aos que o cercavam, que ele podia ser mais, ou talvez bem mais do que se esperava dele.

Uma família diferente, que se trata  de forma singular, quase aos trancos e barrancos, que decidem suas diferenças no braço, mas que se amam e se respeitam. O  maior desafio deles agora é criar Seth de maneira livre, com responsabilidade e amor.

Phillip conhece “por acaso” a pequena Sybill, uma pesquisadora perdida em sua pacata cidade, e não poderia fazer mal algum uma aproximação, até porque ele merecia ter a seu lado, nem que fosse por poucos dias, uma mulher requintada, linda, apreciadora de um bom vinho e acima de tudo, inteligente.
Mas Sybill era mais do que aparentava ser, ela guardava um segredo que poderia abalar a estabilidade de seu lar e o futuro que projetaram para Seth ao lado da família.

Uma promessa unia os Quinn ainda mais e Phillip não estava disposto a por tudo a perder por causa de um rabo de saia, mesmo que Sybill mexesse com ele de forma que nenhuma mulher jamais fizera.
Minha primeira experiência lendo Nora Roberts não poderia ter sido mais perfeita, conhecer os Quinn foi um prazer inenarrável, cada trauma e drama foi muito bem escrito e de fácil assimilação. A trilogia tem todas as suas amarras muito bem laçadas, e ao final do terceiro livro descobrimos que tudo fazia sentido na ligação entre os personagens, os tornando palpáveis, verossímeis e quase reais.

Nora Roberts tem o dom de escrever, isso não tenho dúvidas, ela conseguiu me conduzir na narrativa, quase como em um passeio à beira-mar. Me tornei sua fã e quero conhecer seus livros, agora mais do que nunca.

Agradeço às amigas que não me deixaram desistir de conhecer a escrita da autora, assim como agradeço também à Editora Bertrand por fornecer os livros para degustação no blog. Ler/ter a Trilogia da Gratidão foi mais que um presente.
Agora vou dar um tempo (ainda me resta um livro para fechar a série), para poder ler o livro de Seth, que com certeza vai fazer com que eu mate as saudades dessa família maravilhosa.

19 comentários:

  1. Olá
    Eu gosto da Nora Roberts embora só tenha lido a série mortal, conheci a autora por uma amiga que gosta muito dela, a tua resenha ta muito legal e eu quero poder ler algo mais dela pois gostei bastante da série mortal.

    Beijão
    http://lilicasg.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo a Trilogia da Gratidão, com certeza você vai gostar!

      Excluir
  2. A Nora é mais que demais!
    Tem quem goste e quem não goste é claro,mais fico muito feliz por você ter se juntado ao clube. Rsrs
    É difícil agradar a todos, mais com certeza a Nora agrada a maioria.
    Ainda não consegui por minhas mãos nessa série, mas vou continuar tentando.
    Enquanto isso vou conhecendo um pouco mais da série nas suas resenhas, que mais uma vez ficou show.
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguarde fortes emoções relacionadas a essa trilogia, fique atenta!

      Excluir
  3. Eu acho que já esta chegando a hora de ler mais livros da Nora, estou muito curiosa para conhecer a Trilogia da Gratidão

    Um abraço
    Luciana

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Passando pra avisar que deixei um meme pra você lá no blog. <3
    Beijos.
    Ana.

    anaentrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Trilogias completas sempre me interessam. E eu ando precisando de uma leitura nesse estilo, tenho lido muitos policiais e suspenses. Vou colocar na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que você irá amar essa trilogia, eu me senti amando não só a família Quinn, como a escrita da autora. Com certeza vale a pena!

      Excluir
  6. As trilogias da NR são ótimas e está parece está inclusa na boa leitura que não pode faltar.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Leninha, não demore para ler o último livro, pq ele é lindo demais!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar comigo, kkkk
      Bom ver você por aqui Marthinha, beijo grande!

      Excluir
  8. Sou realmente suspeita para falar pq essa é a obra prima da Nora para mim. E é fácil explicar pq dentre milhares de livros, foi essa trilogia quem deu a ela o maior sucesso nos EUA e até hj é imbatível ante as demais obras dela. É de uma sensibilidade latente. Sou apaixonada por esta família, chorei horrores em todos os livros e vira e mexe releio algum trecho (geralmente do Cameron, meu sonho de consumo). Linda resenha, Leninha, adorei!

    ResponderExcluir
  9. Muito boa essa trilogia que tem o 4 volume, mas o melhor de NR é Segredos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho Segredos aqui na estante, vou ler em breve. CURIOSA!

      Excluir
    2. Leia mesmo e depois me conte o que achou.

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos