Cinco Leituras Obrigatórias de...


Natália é autora do blog Menina da Bahia. Conheça abaixo suas leituras obrigatórias.

Quando Leninha me convidou a escrever esse post pensei: Putz, como vou conseguir listar apenas 5? Li tanta coisa e cada livro me afetou de uma forma. Não consegui listar os 5 melhores que já li dentre todos, mas fiz uma lista de 5 livros que me emocionaram bastante, por um motivo ou outro. Espero que gostem.

Refúgio de Verão - Susan Wiggs

É o 7º livro de uma série (dá para ler sem ter lido os anteriores). É uma história sobre aproveitar melhor a vida. A dar valor às pequenas coisas. São os pequenos detalhes que ajudam a construir nossa história. George está com uma doença terminal e mesmo sabendo que poderia morrer a qualquer momento lista uma série de desejos a realizar antes de partir. Seu maior desejo é encontrar um amor para seu neto preferido. E ele encontrou a mulher certa. Esse trio nos mostra o quanto a vida é preciosa. O quanto devemos apreciar o que temos. Devemos VIVER e não apenas existir.


O Clube do Biscoito - Ann Pearlman

Sabe quando você lê uma página e descobre que só irá parar de ler quando terminar o livro todo? O clube do biscoito é um clube de amigas que - uma vez ao ano - se reúnem, distribuem biscoitos e contam a história do porque ter feito aquele biscoito específico daquele ano. Cada capítulo é destinado a uma biscoiteira. Cada história é tão pessoal, tão vívida que você tem certeza que conhece algum parente, amigo ou vizinho na situação da biscoiteira. É um livro sobre laços de amizade. Sobre deixar seus problemas um pouco de lado por um bem maior, a felicidade daqueles a quem se ama. É um livro perfeito. E no fim, não tem aquele que não queria fazer seus próprios biscoitos e compartilhar sua história.


A Resposta - Kathryn Stockett

Kathryn Stockett há muito tempo queria escrever esse livro, ela nasceu no Mississipi em 1969 e apesar da segregação não estar no auge, ainda era visível. E ela cresceu com o pensamento: Por que nunca perguntei à Demetrie - empregada sua família - como era ser negra e trabalhar para uma família branca, durante a segregação racial? Por muitos anos ela quis ter consideração suficiente para ter perguntado. Ela nunca perguntou e Demetrie morreu quando ela era adolescente. O livro é a Resposta que ela imagina que Demetrie lhe daria. O livro trata sobre as diferenças e humilhações que os negros eram impostos pelos brancos, mas sobretudo sobre o poder. O poder de escolha. O poder de querer fazer acontecer. As três personagens principais, indignadas com a situação, ousaram colocar para fora toda a revolta e por ousarem elas conseguiram por em prática o que queriam. Isso que o livro nos ensina, para mudar, para conseguir algo, basta apenas dar o primeiro passo.


As suas lembranças são minhas - Cecelia Ahern

Joyce perdeu o bêbe que esperava, foi largada pelo marido, está prestes à perder a casa e foi demitida. No meio de todas essas perdas Joyce perdeu algo dela também. Ela não é quem costumava ser, mas por um capricho da vida ela começa a sentir coisas novas, novas percepções, novas lembranças. Uma transfusão de sangue muda toda da sua vida e a de Justin também. Eles ainda não se conhecem, mas suas vidas estão ligadas para sempre. Essa história tem um ensinamento poderoso sobre perdas e esperanças. Joyce e Justin sempre utilizam uma frase, frase essa que o leitor nunca mais esquecerá: Seja paciente e forte, um dia essa dor lhe será útil.


Conquistando o Inimigo - Jonh Carlin

Mandela queria fazer a diferença para seu povo. Algum tempo depois de solto e se tornar presidente pelas eleições livres, que já foi um registro do quanto o sul-africano o respeitava, Mandela queria mais, queria conquistar o inimigo. E descobriu que a solução estava no esporte, porque o esporte é capaz de unir todas as nações. Com essa mesma gana, Mandela resolveu estudar o esporte do inimigo, Rugby, um variante do futebol tradicional. Empenhado na luta da conquista, Mandela aprendeu tudo o que podia sobre o jogo, e conseguiu que a Copa do Mundo de Rugby ,de 1995, fosse em seu país. Na época, os negros acharam que ele havia se "vendido", mas o propósito de Mandela era louvável para o futuro que estava para chegar. Com uma determinação e superação incrível, o time sul-africano, Springboks, conseguiu chegar à final da copa, com o atual melhor time do mundo, o neozelandês All Blacks, que segundo o Daily Telegraph de Londres, é o time de rugby "mais impressionantemente talentoso" já visto. No dia da final, Mandela surpreendeu a todos, vestido com a camisa oficial da seleção. E ele fez questão de ir pessoalmente cumprimentar todos os jogadores. E fez mais, foi cumprimentar o time neozelandês. Ele disse que nunca se sentiu tão mentiroso ao dizer para eles "boa sorte". É impossível ler Conquistando o inimigo e não se emocionar. Os editores avisaram na contra-capa: você vai rir, você vai chorar, mas serão lágrimas de alegria. Para um mundo cético, Conquistando o inimigo é a prova de que a fraternidade ainda é possível.


Obrigada Naty por nos brindar com essas dicas maravilhosas!

7 comentários:

  1. Olá, Natália! Gostei muito das suas indicações. Cada livro, por sua singularidade e outras tantas razões, despertou o meu interesse. Mas, a vontade de ler A resposta já vem de um bom tempo. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá, Natália!

    Da sua lista, o único que li foi "A Resposta", que me emocionou muito.

    Comprei há muito tempo "O Clube do Biscoito", mas ainda não tive tempo de ler.

    Tive curiosidade de ler os outros, especialmente o da Cecelia Ahern.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. O primeiro livro me interessou bastante, é o tipo de livro que me agrada. Natália, sei o quanto deve ter sido difícil para escolher somente 5 livros, se alguém me pedir isso eu não sei o que fazer não. Só de pensar em fazer o Top 10 do meu blog está dando dor no peito, imagina escolher 5 livros kkkk

    Mais suas dicas foram ótimas, com certeza irei investigar os outros livros...

    Bjkssss

    PS: Leninha, o blog ficou lindo demais, tá mega charmoso srrs Parabéns flor ^^

    Ká Guimarães
    Acordei com vontade de ler

    ResponderExcluir
  4. Gostei das dicas. Ainda não li nenhum, mas todos são fortes candidatos para minha montanha de livros "para ler".
    bjoooooooo

    ResponderExcluir
  5. Naty, o Clube do biscoito está na minha lista de "quero ler" ;)

    ResponderExcluir
  6. Ei Naty,
    A Resposta é perfeito!! Tbm amei o livro.
    Os livros da Susan Wiggs estão na minha lista.
    Adorei sua lista.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Dessa lista, eu ainda não li nenhum... tenho só o da Cecelia aqui em casa e vou passar ele para o topo da lista rapidinho...
    Já os demais vão para a enorme listinha de compras...rss

    beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos