Doce Perseguição - Janethe Fontes

Uma jovem brutalmente assassinada... Um homem frio e perigoso... Uma promessa de vingança... Graziela tinha apenas quatorze anos de idade quando a irmã fora violentamente assassinada, e ela jurou vingança ao assassino. Essa, porém, seria a missão mais difícil de sua vida, pois, por mais que renegasse seus sentimentos, ela amava o principal suspeito do assassinato... Mas Graziela está disposta a ir até as últimas consequências para descobrir a verdade e cumprir sua promessa. Afinal, a paz de seu coração depende exclusivamente disso...

Sempre começo a ler um livro com grandes expectativas e esperando dar a ele uma nota 10, e mesmo não colocando valores no final da resenha, uso esse esquema como base para classificá-lo. Durante a leitura, o livro mantém sua nota ou vai perdendo pontos, de acordo com meu gosto pessoal.

Recebi Doce Perseguição ainda como manuscrito, enviado pela autora para degustação no blog e consegui a proeza de não ter tempo para ler. Diversos contratempos me impediram, inclusive uma mudança e o desaparecimento do livro, que estava dentro de uma caixa.

Ah, se arrependimento matasse...
Deveria com certeza ter lido há mais tempo, ou seja, assim que o manuscrito chegou, porque como sempre, Janethe Fontes tem uma escrita que posso classificar como: “meu número”.

Esse é o terceiro livro que leio da autora, os dois primeiros Vítimas do Silêncio e Sentimento Fatal mereceram nota 10 por seus temas polêmicos, pela escrita simples e a forma como ela consegue nos prender, a ponto de depois de começar a leitura não conseguir parar. E foi assim também com Doce Perseguição.

Então como eu disse, o livro começou com nota máxima, isso eu já sabia mesmo antes de pegá-lo para ler, a autora já tem crédito comigo.

Porém durante o início da leitura, conheci Graziela, uma adolescente de apenas 14 anos. Nesse momento pensei: "Nossa, uma jovem de apenas 14 anos como protagonista..." Isso poderia render uma pequena perda de nota, (cisma minha com livros de adolescentes e seus arroubos da idade) kkk.

Mas ao longo da leitura e conhecendo o passado e os traumas que Grazi carregava, deu para perceber que novamente a autora acertou na mão, tornando a idade da personagem apenas um detalhe, e esse pormenor não lhe rendeu nenhum pontinho a menos. (Claro que a personagem cresce ao longo da história, se tornando uma bela mulher).

Grazi perdeu quase toda sua família num acidente e restava a ela apenas a companhia de sua irmã Helena, uma jovem cheia de vida, linda e que encantava por onde passava. Já Grazi era tímida, reclusa e um pouco séria demais para sua idade, quase um patinho feio.

Eis que entra em cena Felipe, o novo namorado de sua irmã, um rapaz lindo, encantador, que arrancava suspiros apaixonados e proibidos de Grazi. Ele jamais poderia ser dela, mas fazia seu coração acelerar apenas com um olhar.

Porém o destino reservava algo terrível, uma tragédia que poria fim aos sonhos e destroçaria de vez com a vida de Grazi. Sua irmã foi assassinada e o principal suspeito: Felipe.

Começa então uma Doce Perseguição, perigosa e traiçoeira. No coração de Grazi não tem mais lugar para o amor, essa chama se apagou anos atrás com a morte de sua irmã e apesar da enorme tensão sexual existente entre os personagens (dá para sentir as fagulhas elétricas quando Grazi e Felipe estão juntos), ela agora só tem um objetivo na vida: se vingar e manter o suposto assassino de sua irmã em seu devido lugar, na cadeia.

E viajando nesse rumo da história, a autora consegue nos prender na leitura com altos e baixos, encontros e desencontros, numa narrativa gostosa, às vezes forte, às vezes tensa, e na maioria das vezes, apaixonante.

Uma trama muito bem elaborada, que consegue manter o fio condutor, o suspense e o mistério durante toda a narrativa. Uma bela história, com uma pegada única e quem diria, um final surpreendente.

E com louvor o livro manteve sua nota até o final, uma nota 10 com certeza.
Recomendo!

32 comentários:

  1. Ainda não li nenhum livro da autora, pois não faz muito o meu gênero, mas soube em em off, que esse até tem uma tensão sexual bem legal! Fiquei curiosa.

    bjokas

    ResponderExcluir
  2. Oi, Leninha.

    Me tornei fã da Janethe desde o primeiro livro!

    Te avisei que esse livro era o seu número, amiga. Peninha que demoraste pra ler, mas valeu a pena, né?

    Em off, me surpreendi por você também não ter descoberto quem era o culpado. rsrsrsrs.

    A Janethe foi danada, nos pegou direitinho, né? Adoroooooo livros que mexem com as nossas emoções e foquem em temas bem atuais. Isso os livros da Janethe são um prato cheio.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Que bom que li, adorei o final, diga-se de passsagem!

    ResponderExcluir
  4. Acho que vc pode ler sem medo, com certeza vai gostar!

    ResponderExcluir
  5. Olha, até que me interessou, viu. Parece ser um desses suspenses (meio) românticos que eu gosto de ler (ou gostava? faz tempo que não tenho espaço na agenda de leitora pra ler um desses... rs)


    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. eu já tinha me interessado por esse livro em outra resenha , mas a sua me deu mais vontade ainda *--* parece ser aqueles livros que te prendem até o final ^^ , espero conseguir ler logo
    bjs ;*

    ResponderExcluir
  7. Fiquei curiosa para ler.
    Confesso que nunca li, ou tinha ouvido falar dessa escritora, mas o enredo desse livro me atraiu e muito.
    Eu confesso, amo estórias de amor que vem da infância, e adoro um bom mistério policial.
    Espero ter a sorte de ser contemplada com um exemplar, mas caso não ocorra, vou a caça de comprar um pra mim ;)

    ResponderExcluir
  8. Fiquei com vontade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas o sentimento que tenho de seus livros, ou pelo menos o que ele me passa é que quando eu pegar para ler, não vou desgrudar.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Eu adorei Vítimas do Silêncio. Tenho certeza que esse não fica atrás. A autora me surpreendeu :)
    bjks

    ResponderExcluir
  11. Às vezes ler a sinopse não dá certo. Para mim, este livro é um caso típico. Você já fica sabendo mais da metade da história, e como é um tema muito comum, acaba perdendo o interesse. Mas certamente após ler a resenha, a opinião que se tem, muda completamente. Gostei muito e vou ler o livro com certeza.

    ResponderExcluir
  12. Meu é maldade, e agora o que acontece? :O
    Gostei da sua resenha, me deixou com a "purga" atrás da orelha para saber o resto, vou colocar nos meus desejados para quando sobrar dinheiro, dar uma olhada!
    :d

    beijos,

    modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li nada da Janethe, mas tenho alguns livros dela na lista, todos os que leram só deram notas altas e por isso preciso ler logo este livro e os outros, Doce Perseguição com certeza vai me prender e me deixar satisfeita, pela resenha dá para ver que vale muito a pena ler!
    Bjs,
    @PatriciaADavis

    ResponderExcluir
  15. Uau,parece realmente um livro muito contagiante,mistura de amor,tensão,ira e desejos.
    Vou ler.

    ResponderExcluir
  16. A sua resenha me despertou mais vontade de ler ainda do que do Sonho de Reflexão, principalmente porque livros que surpreendem nos deixam animadas... pelo menos para mim!!!

    E aí você diz que se arrependeu de não ter lido antes, eu sempre acabo me apegando as primeiras impressões e quando as venço me apaixono....

    Muito interessante, fiquei mesmo com vontade de le-lo *-*

    ResponderExcluir
  17. Adoro livros de suspense e assassinatos! Boa dica!

    ResponderExcluir
  18. Leninha!
    A trama do livro parece ser bem interessante, gosto de livros de suspense, onde ficamos tensos do início até o fim.
    A Janethe é uma escritora fascinante.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  19. Este livro Doce Perseguição - Janethe Fontes parece ser muito bom, estou ansiosa para ler. Adorei ler sua resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Olá, não conheço nenhum livro da autora, mas adorei sua resenha, parece um romance de tirar o fôlego!

    ResponderExcluir
  21. Nossa.. rs. Ainda não li o livro, e após ler essa ótima resenha, agora tô morreeeendo de vontade de ler.
    Parece ser um livro bastante emocionante e surpreendente.
    Coitada da Grazi, rs. *---*
    Preciso ler.. :)

    ResponderExcluir
  22. Já fiquei aqui com vontade de ler! Adoro livros assim, com mistérios pra desvendar... Já imagino como deve ser difícil a vida da Grazi, ser apaixonada pelo o cara que talvez tenha matado a irmã...

    ResponderExcluir
  23. MEU DEUS! Sentir atração pelo assassino da irmã, isso sim é complicado :x Deve ser totalmente maravilhoso esse livro!

    ResponderExcluir
  24. PARTICIPANDO,ESTOU INTERESSADA EM LER

    ResponderExcluir
  25. Nossa, amei esse livro só pela sua resenha, imagine quando ler. Um tema polêmico, uma paixão proibida. Que romântico!!! QUERO LER!

    ResponderExcluir
  26. Gostei bastante da resenha. Um enredo bem amarado já deu pra perceber que ele tem. Fiquei muito curiosa para conhecer as narrativas da Janethe.

    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Vou coloca-lo na minha lista urgentemente! Adorei a trama, nunca li nada parecido. Acho que vale a pena investir na leitura deste livro. Realmente a Janethe arrasou, ta de parabéns, adorei conhecer um pouco do trabalho dela.
    Doce Perseguisão com certeza me conquistou.
    A capa é linda
    Resenha muito bem elaborada.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  28. Não li nenhum livro dessa autora, mas, fiquei bastante interessada nesse.
    Espero tê-lo em minha estante em breve!

    ResponderExcluir
  29. Não li nada a respeito, mas adorei a temática, gosto desse lance de suspense e eu não conheço a autora , valeu pela dica !

    ResponderExcluir
  30. Não acompanhei os outros livros da autora, mas lendo esta resenha puder perceber todo os sentimento envolto a historia, parece ser intrigante, apaixonante. Ainda não havia me deparado com este tema, mas já estou super curiosa para ler o livro! *.*

    ResponderExcluir
  31. Fiquei bem curiosa para ler esse livro.
    Já li alguns livros de suspense, e confesso que gosto bastante daquele friosinho que da na barriga enquanto tentamos desvendar os mistérios que o autor escreveu ali para nos pegar.
    Com certeza vou ler este livro, pois com tantos elogios, só pode ser bom.

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Pensei o mesmo que você quando vi na Sinopse que a protagonista tinha só 14 anos, mas ao ler sua resenha percebi que foi realmente cisma e agora com certeza preciso ler esse e os demais livros da Janethe Fontes, pois para merecer nota 10, independente do gosto pessoal, a autora tem que ser muito boa, e como não conheço o trabalho dela ainda quero ler o mais rápido possível.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos