Agonia e Êxtase - Diana Palmer

E olha a Tícia trazendo resenha da Tia Palmeirão novamente aqui para o Sempre Romântica, com certeza para deleite de todos...

Sou fã da Tiazona e claro seus livros são sempre muito bem vindos aqui no blog.

Com vocês... 

Agonia e Êxtase - Diana Palmer


Sinopse:

A busca pelo amor, pela verdade e pelos segredos do passado!

Cord Romero nunca imaginou que sua irmã de criação, Maggie Barton, se transformaria em uma mulher corajosa, independente, pronta a enfrentar os mais difíceis desafios. E nunca imaginou também que se apaixonaria perdidamente por ela!


Maggie cresceu escondendo um terrível segredo, que a fez afastar-se das pessoas e criar um mundo só seu. Ajudar Cord em sua missão fez com que ela se apaixonasse por ele e desejasse entregar-se de corpo e alma. Para Maggie revelar seus segredos significaria libertar-se do passado… mas poderia significar também perder o único homem que transformara seu mundo. 


NOTA: Agonia e Êxtase é o quinto livro da série Hunton.

Personagens: Cord Romero e Maggie Barton.

Mas que capa é essa?
Só eu que tô babando naquele vaqueiro ou tem mais alguém aí com a mesma dificuldade?
Que coisa!

Bem... Vamos à Agonia e Êxtase.

Se você leu Lorde do Deserto deve se lembrar de Maggie. Porém, se você possui uma memória de ameba como a minha ou se não tem a menor ideia do que estou falando, deixa eu te dar uma ajudinha:
Maggie é a amiga que está no Marrocos com a “La conga” Gretchen, a mocinha de Lorde do Deserto (3º livro da Série Hunton). Naquele país, no meio de sua viagem turística, ela recebe a notícia de que Cord Romero estava cego. Imediatamente Maggie volta para o Tio Sam, largando o emprego que iniciaria dali a alguns dias e Gretchen fica para assumir em seu lugar. Assim, as histórias das duas mocinhas prosseguem separadamente.

Quando Maggie, então, regressa de sua viagem e reencontra Cord (cuja descrição está em perfeita sintonia com aquele brigadeiro ali da capa), adivinhem? Briga. Ô casal para se desentender, viu?

Cord e Maggie são dois bichinhos complicados. Ambos foram adotados por uma boa alma (ele com 18 anos e ela com 10) e carregavam dentro de si grandes tragédias e cicatrizes emocionais, principalmente Maggie. Aliás, embora a história dê pistas sobre o que aconteceu com ela, é só no final que você realmente descobre seus traumas.
Tenso!

Bem, o caso é que a história se desenvolve com direito a ação, tiro, suspense, e no meio dessa salada bélica, os mocinhos finalmente se envolvem física e emocionalmente.

Por que “finalmente”?
Porque esse casal nunca se acertava. Impressionante como Cord e Maggie sempre estavam em páginas diferentes. Mal-entendido era o segundo nome deles, poxa!
Mas não é para menos: os dois tiveram uma história meio confusa no passado. Anos antes, Cord seduziu Maggie tirando-lhe a virgindade e foi uma situação para lá de complicada. Depois disso, passaram a se evitar.

Particularmente, achei a química e a tensão sexual entre os dois muito boa. Essa parte do romance não deixou a desejar. Nadinha mesmo.
... !
Vou me abster de fazer comentários porque se o fizer, há uma grande possibilidade da Leninha me expulsar daqui por linguagem e comportamento indevidos.

E além de tudo isso, a história também tem algo que eu adoro: volta de personagens de livros anteriores.
Nesse, a trama contou com Dane e Tess de “Sempre te amarei” (alguns conhecem como “Um chefe irresistível”) que é excelente, um dos meus xodozinhos.

Agonia e Êxtase certamente faz jus ao título: a agonia que permeou a vida de Cord e Maggie deu lugar ao êxtase do amor entre ambos, da libertação de medos antigos e da confiança que aprenderam a depositar um no outro.
É cafona, mas faz sentido.

Muitíssimo recomendado!

Poxa... É Diana!!! Vida longa a minha diva!

; )
 

28 comentários:

  1. Interessante, gosto de histórias que deixam o final feliz realmente para o fim, que vão empurrando o melhor para depois, deixando a gente só no gostinho.
    Até hj só li 1 livro desta autora e gostei, tenho vontade de ler mais...

    Vanessa - Balaio

    ResponderExcluir
  2. Quer uma dica Van?
    Começa por Renegado, é de livraria da Diana. Com certeza vc vai amar.
    Depois me conta!

    ResponderExcluir
  3. Eu não me lembrava da Maggie - memória de ameba - , mas com a sua introdução já me recuperei. rsrsrsr

    Parece ser interessante, mas tenho medo da tia DP. Seus livros tendem a voar aqui em casa.

    bjokas

    ResponderExcluir
  4. Opa, se pelo menos seus arremessos chegassem a Brasilia...

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da Diana Palmer, acreditam?
    Fiquei com vontade =/

    ResponderExcluir
  6. Diana não tem medo de mostrar o qual cavalar por ser um mocinho.
    Se você estiver preparada para se deparar com mocinhos ogros, que dificilmente pedem desculpas, indico Diana Palmer.
    Depois me diga o que achou...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Ticia!
    " Mas que capa é essa?"

    Estou me perguntando a mesma coisa...

    Será que se eu passar o endereço, entregam lá em casa? kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Opa, entendi direito?!
    Você o livro ou o homem da capa? kkkk

    ResponderExcluir
  9. Estou completamente perdida nos livros da Tia Palmer, se não fosse o skoob não saberia o que li e o que não li. Não lembro desse :( Se li, vou precisar relar.

    Gostei muito da resenha, gosto de livros que mexem com os sentimentos.

    Bjs meninas :)

    ResponderExcluir
  10. São tantos livro publicados desses nossos ogros amados que a gente se perde realmente.
    Releia Naty, não faz mal nenhum...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. AAAAAAAH ADOREI JA QUERO LER kkk okei parei de surtar. cara adoro os livros da Diana Palmer super diva *o*
    http://coisas-doacaso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Corre para a banca mulher e compra seu exemplar.
    Diana Palmer, diva e absoluta!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. http://www.cherry-store.net/

    Em 14 de junho de 2012 14:20, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  14. ops link no e-mail errado HAHA auhsauhshu coooom certeza vou comprar adoro essa autora *-*

    Em 14 de junho de 2012 14:41, Babi Alves escreveu:

    ResponderExcluir
  15. Ticia, sua linda


    Vida longa a Diana!!! kkkkk


    Mais um pra lista! Afeee


    Amei sua resenha

    ResponderExcluir
  16. Leila Alves de Aguiar14 de junho de 2012 20:27

    Nossa, que livro é esse????? E que capa??????? Amo de paixão os livros da Diana Palmer!!!! Com certeza será mais um para a minha coleção!!!

    ResponderExcluir
  17. Oi Tícia!
    Cafona é tão legal! rs

    Fiquei curiosa pra saber mais sobre o vaqueiro! rs

    ResponderExcluir
  18. Oi galera,

    valeu os cometários. Só estou respondendo agora pq meu estômago achou que tinha que revirar hoje o dia inteiro (maldito bolo de banana!)
    Mas eu tb nem sei se esse mau elemento do moderador de cometários vai publicar o que escrevi...

    Mas fica aki o recado: para quem não leu Diana, leiam! Para quem não leu o livro Agnonia e êxtase, leiam... só tenho que dizer que, infelizmente, o vaqueiro não vem junto.

    Bjoooos para todas e, como sempre, um prazer falar com vcs!

    Tícia

    ResponderExcluir
  19. "cometários" é ótimo...
    É comeNtários.
    Que burra, dá zero pra ela!

    rsrsrsrs
    Bjooos de novo

    Tícia

    ResponderExcluir
  20. Lindo o livro né? Capa tbm dá o que falar.
    Tenho a versão antiga da Nova Cultural, mas to pensando em adquirir esse exemplar só pela capa, kkk

    ResponderExcluir
  21. Cafona, clichê sempre é uma boa pedida.
    Curiosidade matou o gato... Compra e mata a curiosidade.
    Beijo Carol!

    ResponderExcluir
  22. Sou muito chegada em vaqueiro não,mas ultimamente tenho lido mais... gostei da resenha, e tenho quase certeza que vou me divertir muito lendo esse livro...

    ResponderExcluir
  23. Nossa! Peguei o livro que tava no note pra ler depois disso!
    http://blogdaninareis.blogspot.com.br/2012/06/promocao-garotas-de-vidro.html Selene Blanchard



    Blanc – ModaeEu.blogspot.com – TEM
    PROMOÇÃO COM BlackBerry, E OUTRAS ESPECIAIS


    Espero sua visita!

    ResponderExcluir
  24. Oi Tícia, adorei sua resenha, e apesar de não ser muito chegada a livros com vaqueiros, este com certeza já vai pra longa lista dos desejados... Agoniada para ler e ficarei em êxtase quando conseguir,,, Gostou do trocadilho? kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  25. Não é só você não, inclusive não vou escrever muito pois o teclado está todo melado.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  26. É um romance de banca? Porque a capa me lembra muito um romance de banca...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos