Nas Sombras - Jeri Smith-Ready

No futuro, um misterioso acontecimento (que ficará conhecido como Passagem) dará para os nascidos depois desta data a capacidade de ver e se comunicar com os mortos. Sendo uma dessas pessoas, Aura passa toda a sua vida tendo que lidar com essa condição. Quando o aniversário de 18 anos de seu namorado, Logan, se aproxima, Aura sabe que será o melhor de todos. A banda dele tem um mega show marcado e há uma festa planejada. Está tudo dentro dos planos, exceto Logan morrer de overdose... E voltar, se fazendo presente na vida de Aura exatamente como antes, só que roxo.

Assim que terminei a leitura do livro já corri para frente do PC para resenhar. Não queria perder as sensações que senti ao longo da leitura.
Como definir um livro onde é natural o convívio cordial com fantasmas? Só poderia classificá-lo como: surreal. 

A autora consegue escrever uma história fantasiosa e envolver o leitor, que passa a acreditar na fantasia. Isso mesmo, o leitor simplesmente entra na narrativa e até deseja que se fosse possível conviver com fantasmas.

Logo no início da leitura somos meio que jogados numa história já começada, até pensei que esse poderia ser o segundo livro da série, mas aos poucos a história vai se desenrolando e dando sentido aos fatos.

Adentramos no universo de Aura e Logan, um casal jovem e apaixonado, com um futuro inteiro pela frente.
Aura trabalha num tribunal, na função de tradutora de fantasmas, incrível não é?! Os fantasmas participam dos julgamentos de seus casos como testemunhas, achei isso muito legal.

Logan é um roqueiro, líder de uma banda que montou junto de seus irmãos, os Keeley Brothers. No dia que seria o dia do dia mais feliz da sua vida, que além de completar 18 anos assinaria um contrato com uma gravadora, uma tragédia acontece.
Agora Logan é um fantasma, que passa a assombrar sua família e a namorada Aura.

Nesse ínterim eis que surge Zachary, um belo escocês, charmoso e misterioso que adentra na vida de Aura sem convite. Agora ela se vê entre um namorado fantasma e um amigo perfeito, que até poderia se tornar algo mais.

Um namoro sem contato físico, Logan agora é apenas uma imagem roxa diante de Aura, e Zachary está bem vivo, e cada dia mais, fazendo parte da sua vida. Porém, como fazer com que seu coração deixe de amar, mesmo que o objeto desse amor seja um fantasma, que se contrariado pode se tornar algo sinistro, uma sombra?

Aura agora está diante de um impasse, um dilema: "Zachary ou Logan"?  
Porém, mais importante, um mistério cerca seu nascimento, e Zachary parece se encaixar perfeitamente como uma parte desse quebra-cabeça.

Gostei bastante do livro, pela nova temática, pelo mistério que ronda os personagens, mas principalmente pelo triângulo amoroso bem incomum que se forma entre Aura, Logan e Zachary.

Apesar do gênero YA não ser o que mais leio pelo fato de sempre a história envolver adolescentes com seus dramas da idade, conflitos e paixonites, em Nas Sombras os personagens pareciam bem mais maduros do que os seus 17 anos, e isso foi um ponto positivo para a fluência da leitura.


Para os fãs do gênero sobrenatural, saiba que essa é uma leitura quase que obrigatória. Uma história leve, envolvente e que promete fortes emoções na sua sequência. 

Já estou ansiosa pelo desenrolar de Nas Sombras, que claro, como o primeiro livro da série, fica com seu final em aberto, deixando no leitor, um gostinho de quero mais.

Ótima dica de leitura!

10 comentários:

  1. Leninha, 
    Já tinha visto várias resenhas na blogosfera sobre esse livro, mas não tinha me interessado. Depois que li sua resenha surgiu uma vontade descontrolável de ler este livro, de ter ele em mãos agora para descobrir o desenrolar desse triângulo amoroso. Eu realmente amei o enredo, e como fã de YA, eu tenho obrigação de ler ele LOGO! Adorei demais a sua resenha!

    Beijo. 

    ResponderExcluir
  2. Ótima resenha. Eu torço pelo Zach. rsrsrsrs

    bjokas

    ResponderExcluir
  3. Bem interessante.... romance com fantasma e fantasma ciumento??? complicado...kkk
    Eu gostei do Zach, a descrição me pegou... =)

    ResponderExcluir
  4. Hey Lena, 
    esse foi um dos YA's que maaais gostei. A proposta é diferente e a narrativa prende o leitor, né?

    Otima resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lena.

    Este será minha futura leitura! Aguardando chegar.

    Pela temática me lembrou da série "A Mediadora", da Meg Cabot, que nunca li, mas tenho curiosidade.

    Torço pelo Zack. Por que será que sempre torcemos pelos opostos, hein? [risos].

    Já vi que vou gostar muito, porque temos gostos muito parecidos.

    Beijos.

     

    ResponderExcluir
  6. Oi Leninha. Como sempre com resenhas maravilhosas.
    Fiquei com uma vontade enorme de ler esse livro e já coloquei na minha listinha.
    Bjs amiga, te adoro.

    Eunice Ely

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Amei de verdade essa estória. com certeza é obrigatória, me pareceu assustador essa coisa de fantasma.
    Amei a resenha.
    Ótima semana! 

    ResponderExcluir
  8. Oi Lena!

    Com muita vontade de ler esse livro \o/

    aiaiaiaiai

    Será que vou gostar?!


    Bjs!

    Carla
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  9. Jeanne Rodrigues24 de maio de 2012 16:34

    Leninha,

    to doida pra ler esse livro...

    na lista.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos