Conto: Um Passado sem promessas


Parece que os anos não passaram e que foi ontem que te vi pela última vez, na verdade eu não sabia que seria a última vez, estávamos bem, pelo menos meu coração pensava assim. Ver você agora, depois de 22 anos foi um choque para mim. 
No auge dos meus 17 anos você era um príncipe encantado, um homem maduro que fazia meus olhos brilharem, que me fazia acreditar no amor, mas que nunca me fez promessas. Eu deveria ter desconfiado que não seria para sempre.

Nossa despedida foi com um beijo, você me deu boa noite e entrou em casa sem olhar para trás, e eu fui dormir e sonhar com você. Na manhã seguinte meu mundo desmoronou. Você havia partido de madrugada, sem dizer para onde, nem por que, sem deixar nenhum recado.

A princípio achei que era brincadeira, que no seu horário normal de trabalho você voltaria, eu te esperei como sempre no portão, mas as horas foram passando e nada de você, nenhum sinal, apenas o vazio.

Senti-me estraçalhada por dentro, abandonada, ferida e desabei em lágrimas de dor e solidão. Nunca esperei uma atitude tão covarde e cruel, porque se havia motivos para partir bastava me dizer, como disse anteriormente você não havia feito promessas. Mas com base na minha idade acredito que você achou que eu superaria, que o que eu sentia era paixão de adolescente e que logo eu encontraria outro amor.

Foi a melhor coisa que você poderia ter feito por mim, na época não entendi, mas olhando para trás agora vejo que você estava certo.

Agora olhando dentro dos seu olhos me fogem as palavras, não sei se posso fazer perguntas, se você me deve respostas, ou se devo apenas sentir saudade de uma época tão linda que a gente viveu, que apesar do final, deixou boas lembranças.

Seus olhos continuam lindos, apesar das rugas que saltam ao seu redor, seu cabelo ainda brilha como antes, seu andar ainda é sensual, ainda usa o mesmo perfume, mas o olhar não é mais o mesmo, vejo neles nesse instante culpa e arrependimento.

Tento disfarçar minha surpresa com um sorriso e você retribui, meu coração salta uma batida e sinto minhas pernas tremerem, acredito que sejam reações normais frente a um homem tão bonito, mas não... Sinto que você ainda desperta emoções em mim que ficaram guardadas durante anos no meu coração. Emoções essas que me deixam confusa por um instante. Sei que não estou certa em reagir assim, muita coisa aconteceu durante esses 22 anos. Você hoje é um estranho para mim, um estranho lindo, mas que me deixou para viver outra vida e eu segui a minha.

Acredito que não se vive de passado, que as recordações e lembranças são válidas desde que não movam nosso futuro. O que passamos foi muito bom, nossa relação não teve um ponto final, ficou nas reticências, mas hoje sou uma mulher feliz, realizada, que com certeza não vive de passado.


Nesse nosso breve encontro nenhuma palavra foi dita, trocamos um sorriso e cada um seguiu seu caminho, melhor assim, sinto que agora chegamos a um ponto final. Não vejo razões para mexer no que ficou para trás, a vida seguiu seu caminho, não preciso pensar no que poderia ter sido. Você se foi um dia me deixando crescer sem as ilusões de vivermos uma vida juntos, você nunca me fez promessas, e eu segui em frente.

Te reencontrar me deu a certeza que hoje sim eu vivo uma história de amor, um amor sem coadjuvantes, inteiro, sincero, intenso. Encontrei o meu príncipe encantado, que me aceita com minhas imperfeições e que me ama acima de tudo.

Eu sofri sua ausência, mas cresci. Superei os arroubos da adolescência onde tudo é tão intenso. Não te ter no meu presente foi inevitável, ter a certeza que você não fará parte do meu futuro me deixa convicta que o sofrimento foi necessário para ser a mulher realizada que sou hoje.


Ainda assim posso me dar ao luxo de simplesmente pensar que hoje um homem lindo passou por mim e sorriu e que me senti jovem novamente.

24 comentários:

  1. Uuuui lindo demais!!!!!!
    Quer saber a melhor parte? A vingança sutil da protagonista e que eu adorei:  Seus olhos continuam lindos, apesar das rugas que saltam ao seu redor!!!Arrasou.

    ResponderExcluir
  2. Agora sem brincadeira amiga, seu talento para as letras é incrível, mais um conto lindo escrito pela Leninha!!!!

    Vanessa - Balaio

    ResponderExcluir
  3. Viuuuuxe.

    Leninha toda vez que você escreve um conto, eu fico preocupada. As emoções são tão fortes, tão reais que eu fico pensando será que isso aconteceu de verdade com ela? Será que você encontrou ontem um antigo amor?

    Parabéns pelo seu texto. Muito legal!

    bjokas

     

    ResponderExcluir
  4.  Que bom que você gostou Ana, e a resposta é não, não encontrei antigo amor nenhum ontem, kkkkk
     
    Mas deixo uma pergunta no ar...

    Quem nunca passou por um amor mal resolvido e sonhou em encontrar essa pessoa e mostrar que  está bem?

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  5. Tocante! Em matéria de emoção, o coração anda fervendo de ideias, hein, Leninha?  Por falar nelas, você as tem bastante. Principalmente no que se refere aos temas românticos e sofredores. É importante botá-las na papel e dar-lhes uma existência escritural. Parabéns! Como dica, sugiro que você maximize o seu talento  fazendo uma oficina de escrita ou cursos afins. Você verá o quanto há de recursos latentes à espera de florescerem. É um trabalho de alquimia. ;)

    ResponderExcluir
  6. Adorei o conto. Me identifiquei, pois já passei por algo assim. Acredito que muitas pessoas já viveram algo como isso. Faz parte do nosso crescimento. rs

    Parabéns Lena por conseguir escrever algo tão bonito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7.  Dica anotada!
    Você sabe como sua opinião é importante pra mim, bebo suas palavras, então, obrigada por sempre dispor de um tempinho e comentar nos meus contos. Beijo!

    ResponderExcluir
  8.  Com certeza cada um de nós já passou por algo parecido, mas, enfim, a vida continua.

    ResponderExcluir
  9. Nossa!!! Que lindo!!!!
    A última frase foi perfeita!!
    Parabéns!!
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Arrepiei Leninha...juro! Muito lindo, parece que vi um filme passando pelos meus olhos agora...parabéns pela sensibilidade nas palavras!!! 

    ResponderExcluir
  11. Oi, Leninha.

    Nossa, simplesmente arrasou!

    Cada conto seu é como uma flor desabrochando repleta de emoções, que transporta p/ aquele mundo, porque sempre me pego torcendo pela personagem. Foi profundamente tocante!

    Concordo com a Vivi. Como sempre digo pra você. Invista no seu talento, você tem potencial!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Ah, sempre romântica... (rsrs) Muito bom, minha Querida!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Gostei, lindo sensivel e bem real!
    Perfeito!
    Parabéns!
    bjos
    Mara

    ResponderExcluir
  14. Muito bom! O que vc escreve oscila entre a crônica e a poesia em prosa. Concordo com a Vivi. Uma oficina de escritores lapidaria esse seu talento e juntaria sua enorme sensibilidade com a técnica. Vc deveria investir nisso, menina! Quem sabe não vem aí uma escritora profissional?

    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Aaaaiiiiiii que lindo!

    Lena, só você para me fazer emocionar com um lindo conto!

    Parabéns, amiga!

    Continue sempre a nos presentear com seus contos \o/

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Muito bom! É sensível sem parecer piegas! Parabéns!

    Bjos!;)

    ResponderExcluir
  17. Adorei! Ficou muito bom! Uau, que escritora, hein?

    ResponderExcluir
  18. Lindo  l indo  e emocionate,  adorei!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  19. Leninha,

    Eu acho que esse foi o conto mais bonito que vc já escreveu.
    Me identifiquei bastante com ele, torci pelo amor e fiquei suspirando pelo desenlace final.

    Quem não tem um amor no passado mal resolvido com o qual gostaria de reencontrar e mostrar o quão feliz está no momento?

    Perfeito!

    A cada conto vc se supera.

    Bjosssssss

    ResponderExcluir
  20. Amiga,

    Você me fez chorar, me vi neste conto. Será que daqui a uns anos vou me sentir do mesmo jeito da sua personagem?

    ResponderExcluir
  21. Leninha, seus contos são sempre tão densos, carregados de sentimentos! 
    Achei essa história linda demais. Parabéns :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Espero poder estar no lançamento dos seus livros.
    Talento vc tem para escrever amiga, seus contos sempre me emocionam e me fazem refletir.
    Me sinto privilegiada por poder lê-los, pois seu que serão um sucesso!

    Faby - Adoro Romances de Aracaju

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos