Novelas mexicanas - Café com Aroma de Mulher

Conta a história de amor entre uma apanhadora de café apelidada de Gaivota (Margarita Rosa de Francisco) e Sebastião Valejo (Guy Ecker), um jovem de família tradicional. Ele nunca havia se apaixonado e ela sonhava encontrar o príncipe encantado.
Os dois se amam às escondidas, pois a aristocrática família Valejo jamais aceitaria o relacionamento. Sebastião, porém, precisa voltar a Londres para terminar seus estudos. Os dois fazem um pacto de se reencontrar dentro de um ano e planejam, inclusive, o casamento.

Mas Gaivota descobre que está grávida e viaja à Europa para encontrar Sebastião. Lá, enganada por uns malandros, que se aproveitam de sua inocência, ela é persuadida a agir como prostituta.
Sebastião volta, um ano depois, para cumprir seu compromisso. Mas ao chegar à cidade ele fica sabendo que Gaivota foi para a Europa e vive como prostituta. Desanimado, casa-se com uma amiga que está apaixonada por ele e aceita dividir sua vida com essa mulher, mas sem envolvimento amoroso.
Gaivota regressa pouco tempo depois de Sebastião se casar. Ele explica para Gaivota o motivo real de seu casamento e conta que jamais lhe foi infiel. Apesar de um não acreditar naquilo que o outro diz, eles seguem se amando. A partir deste momento surgem conflitos que vão unir e separar os protagonistas.

Sebastião é neto de Otávio Valejo, famoso patriarca do café, proprietário de grandes extensões de terra e um dos pioneiros nas atividades de exportação de seu país. Ao longo de 60 anos, o velho Otávio consolidou um grande patrimônio e transformou seu sobrenome em símbolo de poder e de prestígio em todos os setores da sociedade.
A história começa com a morte deste patriarca. Com o ocorrido, toda a família, que vive em diferentes países, reúne-se. Sebastião encontra-se em Londres e decide viajar para a Colômbia a fim de assistir ao sepultamento de seu avô.

A morte de Otávio gera uma briga entre as famílias de seus dois únicos filhos: Francisco e Rafael. No testamento constam cláusulas que exigem que a herança seja administrada exclusivamente por herdeiros homens, uma forma de evitar que os bens saiam das mãos dos Valejo.

As terras ficam em poder de Rafael, pai de Sebastião, e a empresa exportadora nas mãos de Francisco, pai de Ivan. O testamento diz ainda que com a morte de Rafael e Francisco serão seus sucessores os seus filhos mais velhos, Sebastião e Ivan (Cristóbal Errazuriz), que foram criados praticamente como irmãos.

O testamento vai além. Com a morte de Ivan e Sebastião, os filhos deles é que seguirão com os bens da família, o que coloca os dois primos em guerra pelo futuro controle dos bens dos Valejo.
Ivan tem uma vantagem, pois pode ter mais um filho quando quiser. Ao contrário dele, Sebastião tem problemas de ordem psicológica que o impede de se apaixonar, casar e ter um filho.

Ao tomar conhecimento deste segredo, Ivan se sente seguro e sabe que no futuro serão ele e seu filho os responsáveis pelo controle da grande empresa.

Durante sua breve estada na fazenda, Sebastião ouve um canto que o inquieta e que incomoda toda sua família. É o canto de Gaivota, o canto da bela apanhadora de café que, como sempre, chega na fazenda no mês de outubro em busca de trabalho. 

A vida de Sebastião muda desde então.
O mesmo acontece com Gaivota ao conhecer Sebastião. Ela acredita que nele está a realização de seus sonhos, e aprenderá em menos de um ano o que não conseguiu saber ao longo de toda sua vida. Mas também logo entenderá até que ponto sonhar pode conduzi-la ao inferno.
Assim, o desenrolar dos acontecimentos os conduzirá a diferentes limites e eles descobrirão que seus encontros serão regidos por uma fatal premonição, durante os períodos de plantio e colheita de café.



Minha Opinião:

Como eu era apaixonada nessa novela, que encantava pela musicalidade, pela pureza de um amor entre classes sociais diferentes. Mas acima de tudo, por ser um amor que derrubava barreiras não só sociais, mas psicológicas.

Gaivota e sua bela voz conquistaram Sebastião como num 'canto de sereia'. Mas ela era muito mais que uma voz bonita, ela era a mulher que o despertou para o amor e para o sexo.

Sebastião tinha um bloqueio psicológico real que o afastava das mulheres, mas, amar Gaivota foi tão fácil e simples, que nenhuma mulher tomaria seu lugar em sua vida, mesmo que o destino criasse barreiras intransponíveis, nada poderia separá-los.
Linda novela, com um enredo forte, briga entre famílias, mas acima de tudo de uma simplicidade impar.


CURIOSIDADES:

* Café, con aroma de mujer (no Brasil: Café com Aroma de Mulher) é uma telenovela colombiana produzida pela RCN Televisíón e exibida originalmente em 1994.

* Uma das telenovelas de maior sucesso daquele país.

* A novela colombiana passou no SBT em 2001. A novela, que ganhou a trilha de abertura nacional (Gaivota que voa longe, voa tão aaaalto...), apesar de seu título exótico, alcançou expressivos índices de audiência em sua primeira exibição.

* Quatro anos depois, foi reprisada pelo mesmo canal, em 2006. Possui 175 capítulos.
 

17 comentários:

  1. Eu amava essa novela, assisti tudo! He he. Na época eu estudava de manhã, e acho que estava repassando, então eu assisti de tarde.. Eu amo novela mexicana, acho tão dramática! Ha ha. Obrigada por me relembrar da novela!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Oi Débora, de nada!
    Novela mexicana (colombiana) sempre vai aparcer aqui, nada mais fiel aos nossos romances.
    beijos e volte sempre!

    ResponderExcluir
  3. hhahaahah Eu não cheguei a assistir essa novela, mas eu e minha prima adorávamos zuar o nome da novela >< 
    Além disso, ainda ficávamos falando "Gaviota" em vez de "Gaivota" >< hahahah Coisa de criança mesmo... o mais legal é que depois nós tivemos que reaprender a falar gaivota, porque só falávamos errado >< hahaahhahaha

    ResponderExcluir
  4. Ah... Conheço essa novela de nome (não dá para esquecer, né?) Lembro que minha vó gostava de assistir, mas eu era nova e nunca dei muita atenção. É legal saber um pouco mais sobre elas! Como você disse, nada mais fiel aos nossos romances de banca!

    Beijinhos,
    Náh

    ResponderExcluir
  5. Daniela Klagenberg1 de dezembro de 2011 16:31

    Adorava essa novela.Se não me engano o ator principal é brasileiro ou seus pais são,agora estou na dúvida.

    ResponderExcluir
  6. Carla Histórias sem Fim1 de dezembro de 2011 19:18

    Oi Lena!

    Olha, dessa novela só lembro do nome hahahha

    Essa eu tenho certeza que não assisti =(

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lena.

    Esta é uma das minhas novelas preferidas. Adorava ver a química dos atores em cena.

    Assisti todas as vezes que passou e adorava a trilha sonora.

    Minha mãe era apaixonada pelo Sebastião e pelo Ivan (Eca!). kkkkkkkkkk.

    Depois, acompanhei outras novelas desse ator como "A Mentira" e "Salomé".

    Sabia que ele participou de um seriado americano "Las Vegas"? Adorava!

    Bom recordar! Pena que não reprisam mais.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Adorava esta novela!!!  assistia todos os capítulos, lembro de tudo e assisti também e reprise.

    ResponderExcluir
  9. Nossa!!! Essa é antiga rsrsrs cara eu amava essas novelas mexicanas, mas a que eu mais gostei foi No Limite da Paixão, você viu? Fala um pouquinho dela??? Era muuuito linda, cara era apaixonada por essa novela, eu, minha mãe e uma amiga minha assistíamos toooodo dia.....

    Beeeeijos! Estou amando 'relembrar' as novelas aqui no blog!!

    Talita Helen
    etcoetra.blog.br

    ResponderExcluir
  10. Minha filha ama essas novelas mexicanas,eu não aguento,é muita enrolação.
    Bjs
    Luciane Oppelt

    ResponderExcluir
  11. Essa novela é realmente INCRÍVEL, eu amava!!! Tenho vários capítulos aqui no computador e adoro rever. 
    Concordo plenamente com você, o aspecto mais encantador da novela é toda essa questão psicológica do Sebastião e sua dificuldade de se abrir para o amor. Isto, além de tornar a novela bastante interessante, fugindo daquela superficialidade dos romances de novela, ainda por cima tornou mais crível o amor dele e da Gaivota.
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  12. Eu gostava muito dessa novela, a protagonista era bem diferente das coitadinhas sofredoras de outras. kkk
    Valeu recordar!!!



    @thaisrory

    http://lendoebebendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Amo novelas assim, mas Café c Aroma de Mulher foi perfeita!!!!!!!!!!!!!!!!! Assfisti as 2 vezes...rsrsrs...Gaivota era determinada e Sebastião tão apaixonado....tão lindos....aiaiaia...
    tb teve uma q passou há muito tempo na SBT acho q era: Coração Valente. Conta a história de um marinheiro(ou pirata, n me lembro muito), q se apaixona por uma moça de família da época, mas acaba casando c a irmã dela, e daí surge um grande amor....aff...muito romântico....rsrsrs

    ResponderExcluir
  14. amei ter relembrado essa novela,muito boa e o melhor é que estava sentindo dores de parto  e só fui para o hospital depois do  capitulo  final da novela,essa é minha filha que nasceu no dia da final ...rsrsrs

    ResponderExcluir
  15. espero que seja reprisada mais uma vez,para mostrar para a atual geração o amor puro entre sebastião e gaivota.As novelas atuais deixa muito a desejar.

    ResponderExcluir
  16. essa novela é o atual amor da minha vida. nunca fui fã de novelas "mexicanas", mas creio que o meu maior problema era a dublagem do SBT. então estou vendo no netflix. ver Guy Ecker (lindo como sempre) ter ataques de ciúmes de sua Gaivota, em espanhol é absolutamente maravilhoso. ah, e aquele sotaque... (suspira). acho que é uma das poucas novelas quye já assisti que gosto muito dos protagonistas. os melhores ever.

    ResponderExcluir
  17. Como disse Thais Hory acima entre as novelas mexicanas e as colombianas existe esta diferença a mocinha num é a sofredora e chorona...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Posts Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos

Em breve!