Conto: Nas páginas de um livro!

No momento em que me sentei e abri aquele livro não imaginava que entraria num universo tão maravilhoso. Vi-me perdida entre vales e montanhas, vigiada por seres sobrenaturais e temerosa de não encontrar jamais a saída.

Mas a saída era um lugar que no momento eu não buscava, pois a cada momento me sentia seduzida e apaixonada pelo mocinho da história (Arthuro), com seus braços fortes, olhos inebriantes e sorriso cínico. E tentava a todo custo tirar a mocinha (Rhiana) do meu caminho. Até por que, se eu estava na história poderia tentar conquistar Arthuro para mim.

Mas havia um inimigo a minha espreita, e ele me buscava a cada página numa fuga incansável e interminável. Mas depois de conhecê-lo não sabia se meu desejo era fugir ou me entregar definitivamente aos seus encantos. Como resistir quando tanto mocinho quanto o vilão são de matar?!

No desenrolar da história meu coração palpitava e se dilacerava a cada beijo dos protagonistas e me vi torcendo pela magia negra surtir efeito e Rhiana desaparecer, deixando assim seu lugar no coração de Arthuro para mim.

Hipnotizada pelos cenários, me embrenhei nas florestas mais densas e me vi num reino de magia e encantos, entre elfos, fadas e gnomos. Amigos fiéis e cavalos alados seguiram caminho comigo, sempre em busca de desvendar os segredos e mistérios do lugar.

Mas uma intriga absurda fez com que eu tivesse que voltar, caindo novamente entre os laços dos olhares de Arthuro. Senti toda a traição ao saber que seu enlace iminente com Rhiana e me vi desolada em busca de sair daquele lugar, onde meu coração não seria feliz.

Tentei me libertar desse amor sem esperanças na tentativa de mudar os planos do vilão em se vingar, se conseguisse discerni-lo do mal teria uma chance, mesmo que fosse ao lado do vilão mais maravilhoso da história, eu seria feliz.

Infelizmente meus planos não se concretizaram, e o mal triunfou sobre os mocinhos, trazendo dor e desesperança. Restava apenas uma chance, e seria eu, simples coadjuvante da história a tomar as rédeas do problema e solucioná-lo.

Junto do ser mais impressionante já visto num mundo de magia, (um unicórnio) conseguimos desfazer os laços do feitiço e trazer a paz novamente ao lugar.

Então minha presença ali já não era necessária, os reinos agora estavam em paz, o mal fora destruído, (tadinho do lindo vilão) e já se aproximavam as últimas páginas.

Conseguia vislumbrar um final maravilhoso, onde o Amor triunfaria, onde um casal predestinado finalmente ficaria junto (apesar da minha presença perturbadora, sniff).

Ao fechar o livro senti a sensação de dever cumprido, mais um livro lido, degustado, onde as asas da minha imaginação me transportaram para um universo único e do qual sentiria saudades.

Fim!


Indo para a estante escolher mais um livro!


19 comentários:

  1. Uau! Adorei.
    Livros com mocinho e vilão TDB é complicado, nunca sei para quem torcer! rs

    ResponderExcluir
  2. Adorei! Seu conto nos conta exatamente o que sentimos quando nos aventuramos num livro assim, nos sentimos parte da história, e eu assim como vc, quando me deparo com um vilão "daqueles", é difícil torcer pra ele se dar mal né,rsrs! Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Leninha, que foto é essa aí? A última... Seu marido tá sabendo? rsrsr

    E você, hein? Querendo se livrar da mocinha. rsrsrsr

    bjokas

    ResponderExcluir
  4. Ah, que ótimo, Leninha!! Como sempre mandando bem nos contos *-*
    Mas confesso que é muito difícil um vilão me fazer torcer por ele... gosto muito mais dos mocinhos ^^

    ResponderExcluir
  5. Nem falo nada.Eu tb já teria eliminado umas tantas mocinhas pra poder ficar com o mocinho tb...

    ResponderExcluir
  6. As maravilhas e os incríveis mundos que só a leitura nos traz... Isso tudo consegui perceber nesse belíssimo conto.

    Gostei principalmente porque terminei a leitura com um sorriso, em vez das tão comuns lágrimas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Diferente da Nanie, eu gosto dos vilões!!!! KKKKKK... adorei o conto!!!

    ResponderExcluir
  8. Adoro livros assim, onde mocinho e vilão são 'os caras'. kkk

    ResponderExcluir
  9. Abafa o caso mulher, kkkkk

    Mocinha boa é mocinha fora do caminho,kkk

    ResponderExcluir
  10. @RomancesinPink Abafa o caso mulher, kkkkk

    Mocinha boa é mocinha fora do caminho,kkk

    ResponderExcluir
  11. @lilian_escreve Com certeza, como disse pra @RomancesinPink Mocinha boa é mocinha fora do caminho,kkk

    ResponderExcluir
  12. @naniedias Que bom que você gostou Nanie. Acho que você ainda não encontrou um vilão TDB, kkkk

    ResponderExcluir
  13. Leninha Hahahahaah É que eu gosto mais dos mocinhos mesmo =D Eles me fascinam *-*

    ResponderExcluir
  14. @JulianaVVicente Que bom que hoje tirei sorrisos de você!

    ResponderExcluir
  15. @vanbosso tbm adoro um bom vilão, nada melhor né? kkkk

    ResponderExcluir
  16. Carla Histórias sem Fim22 de novembro de 2011 18:50

    Oi Lena!

    Adorei!! Realmente fica dificil escolher livros assim hahahah

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Amada,não consigo sentir nenhuma atração por estes livros,acho chatérrimos,talvez a chata seja eu,mas fazer o que ná?
    Bjnhos.
    Luciane Oppelt

    ResponderExcluir
  18. Oi, Lena.

    Sempre sinto emoções conflitantes e fico bem dividida entre mocinhos e vilões, porque tem cada um irresistível! Mas como toda romântica, torço sempre para um final feliz! Então, sempre fico do lado dos bons. rs.

    Adorei o seu conto. Você sempre inovando com suas histórias, assim como os nomes dos personagens, que foram bem originais. Amei!

    Aguardando novos contos por aqui.

    E que fotos são essas, menina? Ui! :)

    ResponderExcluir
  19. Eu, honestamente, sempre tenho um queda do tamanho Monte Everest pelos vilões bonitões! hahah Eles são tão perturbadores! E mocinhos chamosos SEMPRE arraza nossos corações, nos traindo com a mocinha... Fazer o que, né? Eles são predestinados! Mas não nego meu ciumes... rs. (Aquele irlandês TDB, o Roarke, me traiu com a Eve, Aqueles vampirão maravilhoso, Bones,  se rendeu aos encantos da impulsiva Cat;  Z, de IAN, não resistiu a Bella... E eu fiquei aqui chupando dedo!!! T.T)

    Adorei o conto!!!

    Bjusss

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos