De Jane Austen às irmãs Brontë, qual o seu clássico preferido?

Hoje o assunto são os clássicos! Nem preciso dizer nada, já que um texto tão bem escrito como o da querida amiga e blogueira Nanie já diz tudo.
Sinto que esse tema vai dar o que falar, até por que um clássico é sempre um clássico!

Nanie fique à vontade, o espaço é todo seu!


Falar sobre clássicos é um prazer imenso para mim, pois sou fã incondicional de livros que conseguiram sobreviver ao tempo e continuam sendo atuais mesmo tanto tempo após o seu lançamento. Mas, às vezes, é difícil falar sobre clássicos porque as pessoas se confundem, o que, afinal de contas, é um clássico?
"Clássico é o livro que as pessoas elogiam, mesmo sem ter lido."
G. K. Chesterton
"Clássico é um livro que as pessoas elogiam mas não leem."
Mark Twain
"Pois o que são os clássicos senão o registro dos mais nobres pensamentos do homem?"
Henry David Thoreau
As citações são interessantes, mas ainda assim não definem o que são clássicos... e é realmente muito difícil definir exatamente o que eles são. Mas usualmente chamamos de clássicos os livros que já são de patrimônio universal da humanidade (ou seja, que já não possuem mais direito autoral) e que ainda podem ser encontrados nas livrarias e bibliotecas, mesmo tendo sido publicados a tanto tempo. O clássico é um livro atemporal, que sobrevive à sua época e agrada leitores muito tempo após sua publicação. É o caso dos livros de Jane Austen e das irmãs Brontë.
Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Temo dizer que não tenho nenhuma delas dentre os autores clássicos que prefiro, mas ainda assim elas são notáveis!
De Jane Austen li apenas "Persuasão" (que é ótimo) e estou lendo "Orgulho e Preconceito" (sobre o qual prefiro não comentar ainda, visto que apenas iniciei a leitura). Das irmãs Brontë, preciso admitir que conheço apenas "O Morro dos Ventos Uivantes", de Emily Brontë e, apesar de ser um livro muito bem escrito, não me agrada muito, pois acho os personagens repulsivos demais.
Elas não são as únicas que merecem destaque entre os clássicos... Existem muitos autores maravilhosas, eu nem conseguiria falar de todos, mesmo que quisesse. Entretanto, irei me ater aos meus preferidos!
Os clássicos não têm que ser chatos. Esse é um conceito errôneo, atribuído principalmente por culpa das escolas, que obrigam adolescentes que não tem maturidade linguística a ler livros de Machado de Assis e José de Alencar, por exemplo. E não que esses dois sejam autores ruins, nem mesmo chatos (embora eu confesso que não gosto da fase indianista de José de Alencar). Afinal de contas, eu o desafio a ler "O Alienista", de Machado de Assis, sem dar boas risadas! E o que dizer de "Lucíola", de José de Alencar? É certamente uma história maravilhosa! Ambos os livros têm uma linguagem um pouco mais rebuscada, não sendo, portanto, indicados para quem não está acostumado a ler.
Mas nem todo clássico segue por esse caminho!

Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Julio Verne, em algumas de suas obras, alia aventuras inimagináveis a uma linguagem simples e de fácil leitura! Com certeza já ouviram falar de "Viagem ao Centro da Terra" e "A Volta ao Mundo em Oitenta Dias"? Ambos livros clássicos, super bem escritos e de leitura simples e fácil! Se você está procurando um bom livro clássico para ler, por que não começar por esses?
Jack London é outro que tem uma escrita bonita, refinada, mas ainda assim simples! Você pode ler "Caninos Brancos" e o "Lobo do Mar" sem o menor problema e super rapidamente! E, com certeza, vai adorar!
E para quem é fã de sobrenatural, nem adianta usar isso como desculpa, afinal de contas, o sobrenatural não é nenhuma novidade! Aliás, estão aí vampiros de "Dracula", escrito por Bram Stoker e o monstro de "Frankenstein", escrito por Mary Shelley, para provar que há tempos atrás a imaginação dos autores já ia longe!
Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Eu não poderia terminar esse texto sem falar de Sir Arthur Conan Doyle, meu autor clássico favorito! Vai me dizer que nunca ouviu falar dele? Claro que ouviu... Você não está reconhecendo, apenas. Mas a culpa é toda de Conan Doyle, pois ele criou um personagem tão maravilhoso, que o personagem sobrepujou o autor, sendo conhecido por todos. Não sabe qual é esse personagem? Oras, estou falando de Sherlock Holmes! Conan Doyle não escreveu apenas as histórias desse maravilhoso detetive, escreveu muitas outras, algumas das quais eu já tive a oportunidade de ler, como o "O Mundo Perdido" (que deu origem àquela séria antiga de televisão - essa mesma que você está pensando).
Aliás, esse texto já está ficando enorme e eu nem falei de todos os clássicos que gostaria... Mas estão aí os que mais gosto e que não me canso de reler! E, por falar em releitura, eu não posso deixar de citar uma frase de Clifton Fadiman sobre o prazer de reler livros (eu amo!).
"Quando você relê um clássico, você não vê mais no livro do que havia antes; você vê mais em você do que havia antes."
Clifton Fadiman

Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Agora é sua vez de dar uma chance aos clássicos. Que tal conhecer Julio Verne, Jack London, Conan Doyle, Machado de Assis, Jane Austen, as irmãs Brontë, Eleanor H. Porter, Allan Poe, Lewis Carroll, Bran Stoker, Mary Sheley, Robert Louis Stevenson, Franz Kafka, Charles Dickens, William Shakespeare, Frank Baum? E olha que essa é uma lista modesta! Tem clássico para tudo que é gosto!
E sabe o melhor? Os clássicos geralmente são baratos!
Então, divirta-se e descubra quais são os seus clássicos preferidos!


***

Não poderia deixar de usar um espacinho aqui nesse post para falar um pouco do Sempre Romântica.
A Leninha é uma amiga muito querida, sempre presente para dar um apoio quando precisamos. E é com todo esse carinho que ela cuida do Sempre Romântica, que, portanto, não poderia ser outra coisa senão esse blog maravilhoso que é! Aqui nós podemos encontrar um pouquinho de cada coisa, até mesmo Novelas Mexicanas têm o seu espaço por aqui! Mas eu gosto mesmo é das resenhas da Leninha! Ela consegue escrever de uma maneira maravilhosa, que sempre me deixa curiosa sobre o livro! E ainda por cima varia bastante os tipos de livro que apresenta aqui e eu adoro isso!
Não é à toa que o blog está completando quatro anos de vida (é um veterano entre os blogs literários!) e já conta com quase seis mil seguidores! Parabéns, querida, pelo sucesso de seu blog! Que o Sempre Romântica continue sendo esse blog maravilhoso por outros muitos anos!





A Nanie é dona do blog Nanie's World e atualmente faz Mestrado em Modelagem Computacional. O que mais gosta de fazer é gastar suas horas livres lendo livros maravilhosos, que depois ela resenha só para compartilhar com os amigos!




♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸.•♥


PS: Não esqueça que comentando nos posts de Aniversário do blog em todo mês de Outubro você concorre a Kits de marcadores Exclusivos! Conto com a participação de todos! 



17 comentários:

  1. Ah, que delícia participar do aniversário desse blog tão querido *-* Espero que gostem do texto que escrevi =D
    Mais uma vez, parabéns, Leninha =)

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post! =)
    Também não curto a fase indianista de José de Alencar, quando tive que ler O Guarani, nem consegui chegar ao fim (e faltava pouquinho, mas simplesmente "não aguentei"... achei enfadonho demais), mas, por outro lado, adorei Lucíola.
    Um autor que ainda quero descobrir mais é Edgar Allan Poe. Só li alguns poucos contos até hoje, mas me atraíram bastante.

    Bj
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa adorei esse post, realmente alguns dos melhores livros já escritos estão nesse "balaio", ótima escolha de autores Jane Austen, Conan Doyle, Shakespeare, por onde começar? são mestres da literatura e fica dificil enquadrar quem é o melhor, acho que cada uma a sua maneira deixou sua marca no mundo.

    ResponderExcluir
  4. Meu clássico preferido? Sem dúvida nenuma é o "O morro dos ventos uivantes", o livro mais lindo do mundo. Mas gosto também de "A Moreninha" e "Amor de Perdição".....bj

    Balaio de Livros.

    ResponderExcluir
  5. Oi,

    Eu adorei o post! Confesso que não sou uma leitora assídua de clássicos, até ano passado eu tinha um certo preconceito, mas após ler O Morro dos Ventos Uivantes eu vi o que estava perdendo. Eu comprei Jane Eyre e quero muuuito ler Orgulho e Preconceito, adoro romances *-*

    Beijos,
    www.whosthanny.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei a frase do Clifton Fadiman. Dos clássicos, gosto também de H. G. Wells e Elizabeth Gaskell. \o/

    ResponderExcluir
  7. Oi Nanie!
    Os clássicos são a sua cara! Eu adoro Julio Verne e Conan Doyle. Já leu Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas ou Ivanhoé de Walter Scott...adoro!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Letícia Damas - leticiadamas@yahoo.com.br20 de outubro de 2011 14:58

    Sou super Fã da Jane!! parece ironia...mas acabei de ler (pela 3ª vez!rsrs) os 3 melhores (na minha opnião de Austen)Orgulho e preconceito, persuação e razão e sensibilidade.
    Quem ama ler não pode deixar de ler estes!
    São Maravilhosos!!!
    Adorei a matéria!

    Bjos da Lê

    ResponderExcluir
  9. Certo. Ok. Vou confessar. Não sou muito fã dos clássicos. Tudo bem. Na verdade, não é bem assim. Não é que eu não gosto... Apenas não estou acostumada a ler. É, eu sei. Deveria.
    Tenho curiosidade à respeito dos livros da Austen. Eu tenho "O Morro dos Ventos Uivantes" aqui e vou pegar para ler logo. Fiquei morrendo de vergonha depois dessa defesa empolgada da Nanie... rs
    É claro: eu já li livros mais "antigos", como alguns do Jorge Amada, entre outros que eram exigidos no vestibular. Mas nunca passei disso.
    Fui convencida. Está na hora de reverter isso, né?

    Adorei seu texto, Nanie!

    Bjinhos,
    Náh

    ResponderExcluir
  10. Nanie, fiquei muito feliz com seu amor pelos clássicos, que eu amo de paixão.

    Já li a maioria dos autores que você citou e um que adoro e já perdi a conta de quantas vezes reli foi "Jane Eyre".

    Adoro "Pollyanna", da Eleanor H. Porter, "Heidi", da Johanna Spyri entre outros juvenis.

    De Jane Austen só li "Razão e Sensibilidade" e "Orgulho e Preconceito".

    Não vou me estender quais eu já li, porque a lista seria imensa. Sempre gostei dos clássicos brasileiros, especialmente os do José de Alencar e Joaquim Manuel de Macedo.

    Adoro Alexandre Dumas e Júlio Verne.

    Já leu "O Conde de Monte Cristo"?

    Parabéns pelo post instrutivo e pelas citações lindas, que eu não conhecia.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Adoro Morro dos Ventos Uivantes e amo de paixão Orgulho e Preconceito! Tenho a maior curiosidade de ler Júlio Verne, mas nunca o li.

    Adorei o post!!!

    Bjinhus

    Sa
    http://mundo-sa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Que post bacana!
    Adorei!

    Eu sou uma grande admiradora dos clássicos. Confesso que li poucos deles - somente Machado de Assis e José de Alencar (que certamente vou reler, pois no colegial esses livros não nos empolgam muito, n~eo é mesmo? rs)

    Quero ler Julio Verne, Jane Austen, as Irmãs Brontë, Alexandre Dumas e muitos outros! Estão todos na minha lista de desejos literários! :)

    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Eu gosto de Jane Austen! Alias, a literatura clássica inglesa é maravilhosa!
    Eu leio livros clássicos, mas confesso que ainda estou em divida com os grandes clássicos! Júlio Verme é um deles... ahah

    Nanie, adorei o texto!

    Bjuss

    ResponderExcluir
  14. Olá meninas!

    Que coincidência vocês falarem em clássicos pois estou lendo Orgulho e Preconceito nesse momento. Confesso que ainda prefiro livros mais atuais, cuja leitura é mais gostosa, mas também estou encontrando um prazer imenso em ler Jane Austen. Primeiro porque notei que ela me faz "escrever mais bonito" hahaha... e segundo pelo nível de reflexão que ela incita, coisa rara nos livros de hoje, né.

    Adorei o post e fiquei feliz porque já tenho muitos desses autores nos meus próximos planos de leitura, como Dickens e Poe.

    Beijo para vocês, meninas! E dêem uma passadinha no meu blog, o Felizvros Para Sempre, um dia desses, se puderem.


    Mariana Melo
    www.felizvros.com

    ResponderExcluir
  15. Clássicos,para mim são aqueles que ainda são lidos e estudados por várias gerações,adoro Julio Verne e Machado de Assis,para mim são perfeitos.
    Bjnhos.
    Luciane Oppelt

    ResponderExcluir
  16. Nanie,

    mto legal a sua participação.

    Recomendo vivamente A Moreninha, amo esse livro, e foi por conta dele que descobri com outros olhos a literatura dos classicos.

    Comentando meu conterraneo, Jose de Alencar, eu nao sou mto fã da Iracema, parece que ele bebeu algo nesse livro.

    Iracema sai da Messejana(bairro onde moro) ate a bica do Ipu para tomar banho e voltar todos os dias. Sao 300 km....Adoooooro Senhora!

    Sou fã do Sherlock, como é mesmo o nome do autor? To brincando...Agora aprendi...Conan Doyle.

    Adorei sua postagem, foi super enriquecedora.

    Bjos,

    ResponderExcluir
  17. Olá, meninas!

    Vou confessar, sou uma negação para os clássicos!

    Sei, é um erro, mas acabo dando mais atenção para ouras histórias do que para os clássicos.

    Não significa que eu não goste, ou deprecie qualquer título, é apenas uma questão de escolha.

    Bjs

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos