Como seria um mundo sem Internet?

Hoje o assunto vai ser debatido na visão de duas blogueiras. Rosana e Ana Carla, convidadas do blog!

Elas irão falar sobre suas relações com um mundo sem internet, textos bem legais que com certeza farão as pessoas refletirem. Então, todos prontos?!

Rosana segue que o espaço é seu!
Imagine acordar e nada mais ser online. Sem redes sociais, sem poder dizer para seus amigos virtuais: - Olá, estou na cafeteria, no shopping tal. Ou, acabei de acordar, estou me espreguiçando…
Uau! Ficou preocupado? Eu até vejo que seria uma boa coisa. É verdade. Pare e analise.
Esqueça o caos que geraria aos usuários de redes sociais desesperados por dizer onde estão (não estou dizendo que você é assim, ok?) ou até mesmo o caos na segurança, nas transações financeiras etc.


Digamos hipoteticamente, que um belo dia, acordássemos em um universo paralelo, sem internet e até sem celular. Olhe o que fazemos e o que poderíamos fazer com... O tempo.
Não passaríamos parte do dia lendo emails inúteis dizendo que uma aranha encontrada em um banheiro de avião, pica suas vítimas que morrem em horas, ou a do duende contente e saltitante que se não enviada para um milhão de pessoas, você nunca mais fará sexo. Ou ainda aquela do remédio que é um boa noite cinderela tão forte, que deixará a pessoa infértil para o resto da vida.
Temos também as redes sociais, já parou para pensar? Quantos amigos (inimigos) virtuais? Sabe aquela ex-namorada que invadiu a página do ex, publicou fotos comprometedoras e espionou a vida dele e da namorada atual e os infernizou? Ou aquele seu desafeto do trabalho que usou suas informações e se promoveu e você, bom, você continuou na sua... Seção? Claro, não tem só coisas ruins, tem amizades e relacionamentos sólidos que começaram virtualmente, lembra da Isis de Oliveira e do George Clooney ha haha, brincadeirinha, mas existem sim frutos bons desse mundo cibernético.
Mas a questão é o que poderíamos fazer com esse tempo “trocado” pelo virtual. Estamos aqui na hipótese, então, esse dia sem “conexão” é um belo dia de sol, agradável e calmo.
Por isso, ao invés do email, ler um livro, até uma revista, perguntar para um colega ou familiar como ele está e parar para ouvir de verdade.
Dizer bom dia com um sorriso, pois o dia está lindo e você tem tempo, não está preocupado com o caos do trânsito, com as contas, com doenças, lembra da hipótese? Então, ir a um parque e observar a natureza, ouvir música (ok, vale o IPod, sem Wi-fi).
Deixar de lado o consumismo que a própria internet nos induz esquecer a máscara ao criar um perfil que não é real, ser você mesmo. Esquecer o exibicionismo exacerbado em redes sociais, onde todos se expõem, sem muitas vezes pensar nos riscos.
Sair da toca e viver por um dia. Isso é possível fazer, pelo menos de vez em quando, e viver de verdade, não virtualmente, tente. Eu já fiz isso. É ótimo.

 Mas por ora, deixe-me pegar minha coca-cola, terminar de carregar meu IPod, atender ao Smartphone, atualizar minhas redes sociais e dizer oi para os amigos virtuais (haha). Acordei e estou de volta.


Eu sou a Rosana Gutierrez, trinta e tantos anos, engenheira mecatrônica e designer gráfica. Nas horas vagas, aprendiz de escritora viciada em coca-cola (ha ha ha) e obviamente em leitura, música, filmes e séries de TV. Adoro escrever, falar pelos cotovelos e reunir os amigos em casa para falar sobre tudo. Gosto tanto de escrever e ler, que criei e administro o fã-site Nora Roberts Brasil e agora também, o Livrólogos, que tem um escopo maior que o fã-site.



♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸.•♥


Ana Carla, agora o espaço é seu!


Comecei a pensar sobre o tema, e não consegui me imaginar sem este instrumento. As crianças e os adolescentes do século XXI, nem imaginam o que seja ficar sem internet, pois nasceram nesse meio. Já as pessoas que nasceram antes dos anos 90, tiveram a oportunidade de ter essa pequena experiência, de não ficar conectado 24 horas no mundo virtual.
Alguns dizem que a Internet prejudica as crianças, pois passam mais tempo na frente de um computador do que brincando. Outros dizem que a Internet prejudica a concentração na leitura, pois com tanta informação para ser assimilada, “passamos os olhos” por cima dos textos, prestando atenção apenas naquilo que interessa.

Mas conseguiríamos viver sem ela?

No mundo “antes” da Internet, conhecíamos apenas o correio como forma de entrega de algum documento. As notícias demoravam mais para chegar, as pesquisas de escola eram lentas e desatualizadas, pois demorava-se para atualizar um livro. Para se procurar um telefone, corria-se o risco de ligar para outra casa, pois a ENORME lista telefônica estava desatualizada.

Quantos contatos de amigos e familiares perderíamos? Imagine se comunicar com um amigo, por carta? Não que isso não seja válido, mas imagine a demora da entrega e da resposta. Quanto tempo teríamos que esperar para saber que o nosso ente querido está bem.

E as fotografias? Nossa, eu passei muito por isso: revelar um rolo inteiro de filme, só para descobrir que salvaram no máximo dez fotos. Hoje pode-se ver tudo pelo computador, e enviar para os amigos e familiares para saber como estamos.

Já imaginou não poder contar com o Google? O pai de todos os santos buscadores? Ele é o verdadeiro São Longuinho da nova era, onde o que você precisa, ele acha, sem você precisar dar os três pulinhos.

Imagine quantas pessoas deixaríamos de conhecer, simplesmente por causa da distância física que elas se encontram.

Hoje, o Facebook, Twitter, Orkut, MSN, entre outras redes sociais, nos permite encontrar alguém distante e nos surpreender com o fato de que temos amigos em comum que nunca antes imaginávamos, em lugares desconhecidos. Sem contar que podemos conversar com nossos parentes ou amigos que se encontram em outra cidade, sabendo como eles estão, o que estão fazendo, acabando assim com a saudade enorme que fica em nossos corações. O mundo ficou tão pequeno, e ao mesmo tempo, tão conectado! Nunca nos sentimos tão ligados com as outras pessoas.

Não estou dizendo que a vida antigamente era ruim, ou que era monótona e sem graça. Apenas estou enumerando uma série de facilidades, que honestamente não sei como vivi vários anos sem.

Além das inúmeras profissões que existem graças à internet, ela também nos deixou mais conectados. Sabemos de tudo o que acontece no mundo. Como, quando, onde aconteceu tal fato, como aquilo vai influenciar o país ou não. Podemos conversar com várias pessoas, até então desconhecidas para nós, sem contar as diversas pesquisas que podemos ter conhecimento, apenas com um pouquinho de pesquisa.

O mundo está em constante mudança, e são graças às essas transformações que somos apresentados a um mundo inteiramente tecnológico.

O que não pode se esquecer é de viver o mundo real.


Não podemos ficar horas conectados a um mundo virtual, esquecendo das pessoas que querem também nossa atenção. Não deixar ser dominado por esse instrumento de facilidades, e deixar que ele mova nossas vidas.

A Internet está em nossas mãos, não podemos deixar que nos domine, precisamos usá-la com sabedoria, para que seja uma facilidade, um instrumento para nosso crescimento moral.




Olá, pessoas lindas!

Meu nome é Ana Carla, sou do blog Histórias sem Fim, e fui convidada pela adorável Lena para participar desse mês maravilhoso, que é o aniversário do blog Sempre Romântica. Para quem não me conhece, eu sou do signo de câncer, choro demais por qualquer coisa, sou totalmente protetora com as pessoas que amo (ciumenta também, risos). Como não podia deixar de ser, sou uma romântica assumida, adoro finais felizes e me apaixono fácil. Sou tímida somente no primeiro contato, depois que conheço, não paro de falar. Acho que sou uma típica canceriana! (risos).


 ♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸.•♥

PS: Não esqueça que comentando nos posts de Aniversário do blog em todo mês de Outubro você concorre a Kits de marcadores Exclusivos! Conto com a participação de todos! 

18 comentários:

  1. Adoreeeeeeei!!! Sou muito viciada!!! Sou dessas que não sai de casa se o Ipod não estiver carregado, se o smartfone não funcionar eu tenho um treco rsrsrsrsrsrs Só que meu vicio em bebidas é mate =D Um dia sem internet até dá e eu também recomendo, porém mais de um, eu morro rsrsrsrs
    Beeeeijoooos

    ResponderExcluir
  2. Leticia Damas- leticiadamas@yahoo.com.br27 de outubro de 2011 10:22

    No meu modo de ver seria um baque acordar e não ter mais internet!
    Primeiro porque a maioria das pessoas trabalham o dia inteiro em frente ao computador e precisam da internet para comunicar-se e até mesmo ganhar sua grana.
    É realmente triste quando ligamos o pc de manhã e logo de care tem uma noticia ruim em algum lugar do mundo, mas veja pelo lado bom, agora sabemos o que acontece lá fora. E antigamente que acontecia catastrofes e o mundo só sabia depois de muito tempo!
    Heloooo o ser humano evoluiu! Isso é maravilhoso!
    Lembrando que tudo em exagero é prejudicial, se você comer demais ficará com dor de estomago, é assim com a internet também basta usá-la com moderação e consciencia!
    Sei que existe muita gente maliciosa nas redes, mas tambem há nas ruas, se pararmos para pensar muito vamos acabar dentro de casa isolados do mundo.
    A internet fora uma das melhores formas de comunicação e expansão de noticias, não tem como ficar sem.

    ResponderExcluir
  3. Pois é... não vou negar o quanto a net facilitou a nossa vida, mas nos tornamos muito dependentes dela, e se pensarmos o quanto ela é recente, é até estúpido achar que não poderemos viver sem ela. O tempo era bem melhor aproveitado, o que não deixa de ser irônico, já que muitas tarefas de que ela nos poupa deveriam nos deixar com mais tempo para aproveitar a vida off-line.

    E às vezes é simplesmente tão bom não pensar em nada dessas coisas virtuais e viver a vida como era antes... era tão mais simples e tão mais divertida!

    Adorei o post. Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi Leninha, adorei participar desse mês de aniversário, que venham muitos outros aniversários!
    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Concordo com a Rosana e com a Carla. O mundo virtual, as facilidades tecnológicas nos trouxeram INÚMERAS facilidades, tornando nossa vida mais prazerosa e menos pessoal.
    Mas não podemos viver num mundo onde a vida virtual se sobrepões à vida real. Como a Rosana soube explicar, temos que nos distanciar disso, viver um dia sem a internet, os computadores, etc.
    Confesso que estou precisando disso...

    Bjs.

    @crislayne_df

    ResponderExcluir
  6. Veamos.
    Soy Argentino radicado en Bello Horizonte.

    Estoy tomando aulas de portugués. Aun no se escribir bien.

    Pero:

    Lo que leí me trajo a la memoria a George Orwell, 1984, y me dió miedo.

    Voy a pensar un pocomás lo que leí, pero asusta.

    Un abrazo cordial

    ResponderExcluir
  7. Meninas, a postagem me fez ficar um pouco com saudades da minha adolescência. Sinto que hoje temos muito mais informação disponível e ela surge velozmente. A vida acabou ficando mais rápida devido à internet. Eu sinto falta daquela época em que as coisas pareciam demorar mais para acontecer.

    bjokas

    ResponderExcluir
  8. Adorei os textos... COnfesso que eu não sei o que faria se não estivesse online... Se a Internet não existisse. Acho que depois de um tempo em abstinência, eu iria ser forçada a escrever a minha dissertação e ainda daria boas lidas nos meus livros... mas seria tenso!

    ResponderExcluir
  9. Adorei o texto da Rosana e da Ana Carla.

    Concordo com tudo, mas sou da época que a Ana falou e tenho saudades daquele tempo, onde vivia até sem telefone.

    Quando relembro esse tempo, reflito que nós éramos felizes e não sabíamos com a nossa ingenuidade e a vida simples que levávamos.

    Diverti-me com o texto da Ana, porque relembrei os tempos dos filmes queimados, onde perdíamos fotos magníficas; pesquisas escolares eram um tormento, mas hoje quando reflito sinto que não há nada melhor do que pegar e folhear um livro para pesquisa.

    Tudo evoluiu muito rapidamente com uma nova visão do mundo, mas não há nada melhor do que você tirar um tempo só pra você e ver o quanto a vida é bela!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. No se como sería,pero ya imaginocomo será.
    Un abrazo;

    http://youtu.be/a6cNdhOKwi0

    ResponderExcluir
  11. Adorei os dois pontos de vista! Resultado: sou viciada neste mundo tecnológico, não me vejo sem. Sei que ando esquecendo o mundo lá fora, perdendo um monte de coisas legais...tenho consciência disso...uma viciada consciente é muito pior do que uma que não é rsss mas não me vejo mesmo acordar e não me conectar. Foi através das redes sociais e do meu blog que consegui meu emprego dos sonhos *-* amo trabalhar na Under e poder me comunicar com centenas de pessoas ao dia.
    Leninha, você tá arrasando nessa comemoração de aniversário *-* Também sou grata à internet por ter conhecido tantas blogueiras legais, assim como você.
    Beijão.

    ResponderExcluir
  12. Concordo com vcs podemos usar toda a tecnologia e facilidades que o mundo virtual nos oferece ,mas
    não podemos nos esquecer viver o mundo real.
    BJOS

    ResponderExcluir
  13. A internet é muito boa,hoje usamos a todo instante,mas viver sem ela seria como era antes dela,pois nos acostumamos com tudo.
    Bjnhos.
    Luciane Oppelt

    ResponderExcluir
  14. Puxa! Questão difícil essa, hein? Confesso que não conseguiria viver sem ela, acho eu! Mas é claro, não dá para ser uma coisa exagerada. Precisamos saber a hora de parar e olhar para o mundo lá fora!
    Bjinhos,
    Náh

    ResponderExcluir
  15. Não me imgino sem internet, mas também não deixo de lado minha vida real. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  16. Essa tonelada de informações que são jogadas em nossas cabeças todos os dias, e a necessidade de se manter informado acima de tudo realmente é algo um tanto opressivo >< Mas confesso que estou tão adaptada a esse mundo que dificilmente conseguiria me manter sem a internet ><

    ResponderExcluir
  17. É um vício. Gostaria de voltar aquele tempo que não tinha internet. Perdia-se menos tempo com besteiras virtuais.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos