Conto: O Beijo


Eu queria paz, um lugar acolhedor, um cantinho para pensar e repensar minha vida, sair da rotina, dar um tempo no trabalho e nada melhor que um passeio junto à natureza, no meio do nada, um lugar onde as pessoas se recolhiam para ficar em harmonia.
 
Meu íntimo precisa se acalmar, respirar ar puro, refletir sobre o que fiz da minha vida, aonde cheguei e para onde ir.
Vejo-me agora sentada aqui de frente ao lago, onde pessoas andam tranquilamente e eu apenas a admirar tudo à minha volta...

Foi então que eu o vi caminhando entre as árvores, com um ar ausente quase etéreo, formava um belo conjunto com a natureza ao seu redor.


Olhando com mais atenção achei que já conhecia aquele homem, seus traços me eram familiar, seu andar, seus cabelos, e finalmente seus olhos, foi então que me vi transportada para um passado distante, sim eu conhecia “você”... As lembranças que eu tinha eram de um jovem adolescente feliz junto a mim, sorrindo, vivendo intensamente cada momento a meu lado.

Um sorriso brincou no meu rosto diante das lembranças que fervilhavam em minha cabeça, e foi assim que você me viu...
No instante que nossos olhos se encontraram você parou, vi o reconhecimento, foi imediato, vi as mesmas lembranças em você e um sorriso iluminou também seu rosto.

  
Senti todo meu corpo tremer quando vi que você vinha em minha direção, minhas mãos estavam frias, me vi estática, paralisada.

Naquele momento milhares de dúvidas fervilhavam em minha cabeça, não sabia como reagir a esse encontro, o que dizer como me portar, você foi tão importante em minha vida, e a mesma nos afastou aos poucos, como dando um tempo para que a gente se descobrisse e hoje era o dia de pôr as cartas na mesa, perguntas que não queriam calar, minha vida nesse instante era um grande “PORQUÊ”

Porém todas as perguntas se calaram no instante em que você tocou meu rosto e me chamou pelo nome, me senti novamente uma adolescente, livre, inteira...
Nenhuma palavra precisava ser dita, era como um encontro de almas, todas as dúvidas se calaram era apenas eu e você, nada ao redor importava.

Senti a aproximação, sua respiração acelerada, fechei meus olhos, a única coisa que sabia era que meu coração está disparado e que de tão próximos respirávamos o mesmo ar, então senti seus lábios junto aos meus, um beijo, cálido, mas profundo, me senti mergulhar num abismo de sensações, me perdi em seus braços, me entreguei a esse momento como se ele fosse o último, e queira Deus que seja, pois morrer dessa maneira seria entrar nas portas do paraíso.
 
Sou novamente aquela adolescente apaixonada, vivendo o único momento onde fui feliz, o dia que te conheci e me entreguei a um beijo tão avassalador como esse.
Um beijo que durou apenas alguns minutos, mas que me fez viajar para quando andávamos de mãos dadas, quando a única coisa que importava era o som do seu sorriso, o tom da sua voz ao dizer que me amava, de como era bom encostar - me em seu peito, e de como foi mágico o dia em que me entreguei a você.

Ficamos tempo demais longe um do outro, sinto que agora não posso deixar você partir nunca mais, sinto que minha vida começa agora a seu lado, tudo numa fração de um beijo!
 

Então olhos nos olhos, um momento de timidez, um breve sorriso, expectativa no ar, nenhum dos dois ousa falar, até por receio de que se quebre o encanto, um suspiro...

- Onde você estava todo esse tempo?!
 
Com um leve sorriso você me responde:

- Estive sempre guardado em seu coração, esperando o momento certo para voltar e ocupar meu lugar na sua vida, estava com saudade!

Vemo-nos sorrindo um para o outro, finalmente juntos e agora espero que para sempre...

Mais um beijo para selar nosso encontro... Nos perdemos novamente um nos braços do outro ...

 Fim!


Esse foi mais um conto escrito por mim, espero que todos gostem e comentem, opiniões e críticas construtivas são muito importantes para me manter viva na escrita!

32 comentários:

  1. Parabéns por este conto, Lena!
    Muita lindo! Continue usando sempre o poder das palavras...
    Grande abração...
    E já aproveitando, Feliz Natal!!!

    ResponderExcluir
  2. Leninha que lindo!!!
    Fiquei encantada!

    Aproveito para desejar-te um natal abençoado e um novo ano rico em muitas dádivas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Conto maravilhoso. Perfeito. Engraçado que, por mais simples que foi, é grandioso, palavras perfeitamente expostas no sentimento dos protagonistas.

    ResponderExcluir
  4. ô povo chato! todo mundo doido pra me fazer chorar.
    Amiga, tá muito lindo teu conto. Vc tem outros? manda pra mim? quero ler tudim.

    ResponderExcluir
  5. Adorei..Conto lindo e emocionante =)

    Parabéns !!!

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  6. Olá Leninha! Continue sempre assim, escrevendo tão bem quanto faz hoje,admiro muito esta arte e desejo que você se mantenha nela sempre! Bjus e até a próxima!

    Laerte Lopes - Blog Medo

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lena.

    A cada conto, você supera ainda mais.

    Achei lindo, tocante, maravilhoso, de uma sensibilidade ímpar! Você sabe como nos tocar com suas palavras repletas de sentimento e emoção.

    Finalmente, uma história feliz e, melhor ainda, romântica para animar o meu dia. (risos).

    Quando lia, parecia que estava vivenciando e imaginando cada cena. Foi estupendo! Adoro viajar na leitura. Como é bom sonhar acordada, né? (risos).

    Estou tão cansada de ler coisas densas, que estou preferindo ler coisas mais lights agora.

    Esse conto, assim como a sua escrita lembrou-me do livro "Entre o Amor e a Amizade", da Bianca Briones, que estou lendo agora. Estou adorando!

    Parabéns, amiga!

    Você vai longe!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Ei Lena,

    Ah este ficou lindo, será que é possível reencontrar alguém assim depois de muito tempo e dar certo? fiquei pensando agora rsrs

    bjo

    ResponderExcluir
  9. Vc é inspirada..kkk
    Não tenho imaginação para criar algo assim.
    Continue assim.
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Lena, que lindo.

    Demorei a ler, pois apesar de você me dizer que tinha um final feliz eu estava esperando chorar e muito... rs

    Mas esse conto me tocou e emocionou e apesar de ter derramado algumas lágrimas foram lágrimas felizes.

    Incrível como a cada conto você está melhor.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Afff Leninha foi muito emocionante, fiquei com os olhos cheios de lagrimas de emoção!!! Esse conto é muito fofo e lindo, vc está de PARABÉNS!!! Ler ele foi como assistir a um filme, cada palavra dançando na minha cabeça, me fazendo ver tudo o que se passava entre esse casal!!!
    Amei, continue fazendo mais contos pra gente!!!!
    xeru!

    ResponderExcluir
  12. Que lindo amiga. Adorei. Querendo me fazer chorar??? Acho que todos nós passamos por esse amor e se não passamos por esse reencontro queremos um assim rsrs.

    Bjo grande.

    Te adoro.

    ResponderExcluir
  13. ammei o conto muito emocionante e lindo
    poste mais, vc tem um grande talento pela frentee quem sabe um livroo??
    bjo maee !!

    ResponderExcluir
  14. Leninha,

    Vc sabe como chegar no meu coração(fato!).

    Adoreiiii !!!

    Ia lendo e sentindo as mesmas emoções, os mesmos sentimentos, até o beijo senti...

    E que dialógo foi esse heim? Fechou com Chave de Ouro!

    Adoro reencontros...

    Bjos,

    ResponderExcluir
  15. Lindo, lindo, lindo!
    Cada dia os seus contos vão ficando mais belos!!
    Adorei esse que teve um final feliz...ihihih
    Muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  16. Que lindo!
    Adoreiiiii
    Você escreve muito bem.
    Parabésn!!!

    Beijinhos...
    Pri
    Viaje na Leitura

    ResponderExcluir
  17. Adoro quando leio um livro, um poema, uma poesia, um conto ou uma passagem onde consigo ver e sentir o que está escrito em cada linda e posso dizer que isso aconteceu comigo lendo seu lindo conto.

    Parabéns!!! A-M-E-I

    bjs.

    ResponderExcluir
  18. Leninha, parabéns!!! vc tem realmente o dom. O conto ficou lindo e mt emocionante!!!! Ai ai, quero viver no mundo dos contos, ô homens perfeitooos kra!!!! RSRS
    BEIJOSSS

    ResponderExcluir
  19. Leninhaaa!!! Que lindo!

    Adorei mesmo!
    PARABÉNS!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Oie Leninha!

    Meus parabéns e aí já tem proposta para publicação?

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Lindo esse conto, Leninha *-* Seus contos são sempre lindos, mas esse é o primeiro (que eu leio) que além de lindo é feliz!!! Adorei =) Você realmente escreve muito bem - as emoções da narradora vem parar direitinho em mim ^^
    Quero mais contos lindos assim!!! Você é muito talentosa \o/

    ResponderExcluir
  22. Oie!
    Menina, não sabia que você escrevia, adorei!
    Vou tentar arrumar mais tempo e ficar sempre de olho nos teus contos, são tão lindos, tão emocionantes.
    Parabéns!
    Um ótimo natal para você e sua família.
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Amei!É lindo,delicado,profundo...

    Sem palavras!
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  24. Nossa Lena, amei seu conto! Você descreveu direitinho os sentimentos e as sensações, de uma forma que... bem, concordo com a pessoa que comentou antes de mim: sem palavras.
    Abraços!

    Ruth

    ResponderExcluir
  25. Muito bem escrito, prende a atenção! Adorei!

    ResponderExcluir
  26. Adorei! É delicado e inspirador. Parabéns!

    ResponderExcluir
  27. Adorei! É delicado e inspirador. Parabéns!

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Me identifiquei neste belo conto! Na minha história de amor, mau primeiro beijo aconteceu aos treze anos. Fomos separados por dois anos pela intolerância do meu pai. Porém nosso destino era ficarmos juntos. E essa união já dura 30 anos de felicidade! Iranilda Nascentes - Divinópolis-MG

    ResponderExcluir
  30. Adorei lindo esse conto
    Senti emoção 😍

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos