A Escolha de cada um - Regina Monge

A Escolha de Cada Um nos ensina a reconhecer nossas limitações, nossos problemas, e nos impulsiona a ir ao encontro das soluções, buscar as oportunidades que a vida nos oferece. Alerta-nos para combatermos nossa inércia, nosso amortecimento, pois eles nos imobilizam, impedindo-nos de enxergar acontecimentos importantes. Esquecer o passado e ir em busca de nossos sonhos, nossos ideais. Ensina também que a existência continua, mostra um caminho iluminado, deixando-nos ver os obstáculos a superar. Dá a todos os mesmos direitos: à felicidade, ao sucesso, ao amor. Ele nos ensina a fazer escolhas. Escolhas certas. É um livro instigante, porque mistura realidade cotidiana com trechos totalmente surrealistas, História; e fala, acima de tudo, sobre o amor e seu poder de transformação. 

A Escolha de Cada Um traz, em sua primeira parte, a história de um personagem inédito: um livro dotado de emoções e sentimentos, narrando sua trajetória. Ao lado de seu autor, a obra fica na expectativa pelo sucesso editorial; depois fica órfão e cai no ostracismo, vivendo a experiência das críticas depreciativas, até ser descoberto e se transformar num dos maiores bestseller mundiais.
Na segunda parte, o enredo gira em torno de Anna, uma executiva bem-sucedida, com uma vida quase perfeita, exceto pelo grande vazio que existe em sua alma. Seu maior medo é voltar a amar. Estressada com o trabalho, Anna parte em viagem para Petra, na Jordânia, um sonho almejado há tempos. Lá conhece John, um turista americano e nasce uma grande paixão entre os dois. Uma semana depois, de volta ao Brasil, ela tenta, sem sucesso, comunicar-se com ele. Desesperada, decide viajar até Nova York para buscar respostas; porém, quando chega ao endereço dele, tem uma grande revelação. Com um final surpreendente, A Escolha de Cada Um é um verdadeiro registro de ideias inspiradoras. Mostra a obrigação de se lutar por nossos sonhos pessoais e permitir ao Universo conceder-nos suas bênçãos. A grande lição é crer em todas as possibilidades oferecidas pela vida e ter a coragem de fazer nossas escolhas.

Sabe quando você senta para ler um livro e viaja nele e com ele?!
Pois é, literalmente eu viajei nesse, por que quem me conta a história é o livro!
E ele me fez entrar em suas páginas com um encanto único, em momentos até tive pena dos meus livros ainda não lidos na estante.

Pra você ter uma idéia do que estou falando segue algumas...

Palavras ditas pelo livro:
"Nós, os livros também temos sentimentos, nunca se esqueçam!"
"Ser lido é o sonho de qualquer livro... Ser lido é existir nesse mundo das letras e das lutas"
 "Precisamos nos unir, nós, os livros, por meio de nossos conteúdos, com nossas mensagens de mudanças, e vocês, leitores, para operar uma transformação de otimismo no mundo, para melhorar a existência de toda  Humanidade"

Na segunda parte do livro, conhecemos Anna, uma mulher forte, independente, mas que carrega dentro de si sentimentos reprimidos, angústias e muito sofrimento.
Anna nos mostra o quanto a vida pode ser simples na sua rotina, e ao mesmo tempo complicada por meio de medos que não nos deixam vivenciar as emoções.

O livro é um ensinamento, uma bela surpresa, nele você encontra formas de ir a luta, de encarar seus medos e desafios.
O livro é um abraço amigo, um conselheiro, nos mostra em poucas páginas que é possível superar as agruras da vida, de vencer, de viver plenamente as emoções.
Adorei cada página, cada nova aventura de Anna na sua libertação, cada emoção que o livro transfere ao leitor.
Um livro que vai ter um lugar especial na minha estante, um livro que não terei medo de emprestar, por que sei que cada pessoa que ler vai vivenciar uma nova aventura, uma nova emoção!
Parabéns Regina Monge, que escreveu com simplicidade e maestria uma bela obra de arte!

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios...
Por isso, cante, ria, dance, chore e viva intensamente cada momento de sua vida, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
Charlie Chaplin


14 comentários:

  1. Ei Leninha,

    Ótima resenha, eu já tinha lido a sinopse do livro mas ainda não tinha visto resenha sobre ele. Achei a história muito bonita e com uma grande lição, não sei se faz muito o meu estilo, mas gostei muito da resenha :)

    bjooo

    ResponderExcluir
  2. Leninha,
    Fiquei com mais vontade ainda de ler. :-)
    Tô rindo aqui de vc ter ficado com peninha dos livros não lidos da estante.

    Bjs
    Luka.

    ResponderExcluir
  3. Eu vou ler esse livro essa semana ou na outra, estou bem ansiosa, parece maravilhosoooo
    bjsss

    ResponderExcluir
  4. Olá Leninha,

    parabéns pela resenha. A ideia é que esse livro possa levar a mensagem que consta em seu conteúdo ao maior número de pessoas e de alguma forma faça uma pequena diferença na vida das pessoas.
    Regina Monge

    ResponderExcluir
  5. Solange corre de livros de auto ajuda...kkk
    bjos

    ResponderExcluir
  6. Nossa gostei bastante da história desse livro, vou ser sincera e dizer que isso tipo de livro não me atrai muito, mas achei muito legal a sinopse e a resenha, quem sabe eu não leio né?! ;)

    ResponderExcluir
  7. oi Lena, que bom que você gostou.
    Não é auto ajuda não né? rsrsrs
    Espero gostar desse livro, a sinopse me interessou. espero que a história seja muito boa. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lena.

    Amei esse livro e me encantei com a genialidade da Regina em dar vida à nossa grande paixão: o livro.

    Acredita que muitas vezes pensei sobre isso?

    Eles estão sempre, mesmo que indiretamente, dando vazão às nossas palavras e sentimentos.

    Me emocionei profundamente com a história da Anna e surpreendi-me com o final maravilhoso e inesperado!!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Juliana - Juliana Soares9 de setembro de 2010 06:32

    Nossa, esse livro parece ser muito lindo, daqueles que nos fazem refletir sobre toda nossa vida.
    Gostei muito de conhece-lo e já tenho alguem que provavelmente irá se encontrar com ele. Alguem bem parecida com a Ana da historia. E lendo os comentarios das gurias fiquei mais ainda com vontade de devora-lo...rs
    Obrigada

    ResponderExcluir
  10. Que lindo. O livro parece ser bem interessante.

    :)

    Ah, adorooo essa frase do Chaplin.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  11. Olá bela flor!!!!!!!
    Adorei sua resenha, maravilhosa; parabéns. Não vou participar porque já tenho o livro. Recomendo porque ele é muitíssimo bom e ensina bastante, todos aqueles que lerem com atenção jamais permaneceram dormindo o sono da indolência. Boa sorte a todos os participantes do sorteio. Bjos.
    DEUS TE ABENÇOEI SEMPRE.

    ResponderExcluir
  12. Nunca li mais ainda pretendo ler um livro de auto-ajuda, esse parece ser bem interessante!
    Obrigada pelo comentário no meu post, volte sempre! Bjss

    ResponderExcluir
  13. Só eu que pirei nessa capa? O olho verde é tudo *-*
    Auto ajuda eu meio que corro, rs. Mas gosteei da sinopse. Bem interessante ;D
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá pessoal tudo bem?

    O livro traz algo de auto ajuda sim, mas vai muito, além disso, tem uma linda história de amor, uma parte histórica de encher os olhos através da imaginação e um final....bem vou parar por aqui.

    Boa leitura.

    Beijos

    Regina Monge

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos