Filme da Semana - O Conde de Monte Cristo (The Count of Monte Cristo)

Ficha Técnica

Título Original: The Count of Monte Cristo
Gênero:Ação, Aventura, Drama, História, Romance, Thriller

Sinopse

Em 1814 Napoleão Bonaparte, o imperador francês, foi exilado na Ilha de Elba, na costa da Itália. Temendo que viessem resgatá-lo, seus captores britânicos atiravam contra qualquer um que surgisse na praia, por mais inocente ou aflito que fosse. 
Por precisarem de socorro médico, pois o capitão do navio mercante Pharaon contraíra meningite, é exatamente neste lugar que Edmond Dantes (James Caviezel), o 2º imediato, juntamente com o melhor amigo de Dantes, Fernand Mondego (Guy Pearce), representante do dono do navio, resolvem aportar. Isto inicia um pequeno combate, que só termina quando Napoleão garante que os desconhecidos não eram agentes dele. Quando a situação se acalma, Napoleão pede para Edmond entregar uma carta pessoal para um amigo dele. Napoleão garante que não há nada de mais na carta, então Dantes concorda. Ao chegarem em Marselha Morell (Patrick Godfrey), o dono da companhia de navegação, quer saber o que houve, então chama Danglars (Albie Woodington), o 1º imediato juntamente com Dantes, que assume a responsabilidade. A determinação e a coragem de Edmond agradam Morell, que o nomeia o novo capitão do Pharaon, o que deixa Danglars muito irritado. Dantes, feliz com a promoção, vai correndo contar a boa nova para Mercedes Iguanada (Dagmara Dominczyk), sua noiva, com quem pensa em se casar num futuro próximo. Porém Dantes logo é preso como traidor, com a falsa acusação tendo partido de Danglars, que o odiava, e seu melhor "amigo", Fernand, que desejava ter o caminho livre para cortejar Mercedes. Dantes é mandado para uma fortificação, o Chateau d'If, que ficava numa ilha que era praticamente impossível fugir. Gradativamente Dantes ia sendo tomando pelo desespero, principalmente no seu aniversário de encarceramento, quando o diretor da prisão pessoalmente o espancava. Um dia as coisas começam a mudar, quando abade Faria (Richard Harris), outro prisioneiro, surge repentinamente. Ao tentar escapar o abade escavou por cinco anos um túnel, mas errou nos cálculos e foi parar na cela de Edmond. Os dois fazem amizade e o religioso ensina muitas coisas para Dantes, incluindo a localização de um fabuloso tesouro. Quando Faria morre, Dantes ocupa o lugar do abade no saco, que foi jogado ao mar. Assim, após vários anos, Dantes escapa e, como agora está imensamente rico, se intitula o Conde de Monte Cristo e com cuidado prepara a melhor maneira de se vingar de todos que o prejudicaram.

Uma adaptação de um clássico de  Alexandre Dumas. O Conde de Monte Cristo é um filme que se define em quatro palavras:
Inveja, Traição, Injustiça e Vingança.

E o filme nada mais é que a busca de um homem pelo que lhe foi tirado, injustamente, apenas por inveja de alguém que nunca teria nada a não ser que tirando pela traição.

Uma visão que inspira os mais belos sentimentos e os piores também.
As locações do filme são perfeitas, lindas. Os duelos de espada são belíssimos.
Uma bela fotografia, o que prova que nem só de efeitos especiais se faz um épico.
Uma história envolvente e tocante com um desenrolar que prende a atenção da primeira à última cena.

Tudo que se pode esperar de um lindo filme, um tema forte, uma luta incansável por justiça e um final ricamente inspirado num belo romance.
Recomendo!

Cotação no filmow

15 comentários:

  1. Nunca pensei em assistir este filme e, agora me pergunto, porque????
    É o tipo de trama que eu gosto de assistir e, como confio muito no seu bom gosto....anotada a dica!
    Obrigada florzinha.
    Beijo beijo

    ResponderExcluir
  2. Este filme é um dos meud favoritos... assisti váriasss vezess! Adorooo!
    Ótima a sua dica!
    Bjo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Leninhaaaa
    Ai ai (suspiros) lembro-me que assisti esse filme há muito tempo, ele é inesquecível, aquele tipo de filme que nos deixa extasiados por muito tempo! Tem uma história incrível!

    Valeu por me fazer lembrar...
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto desse filme, mas só assisto se estou com tempo, pois o filme é muito longo.
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Lena, eu amoo esse filme.
    Sempre que passa na tv eu assisto. É um filme com uma história linda e recomendo sempre.^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ei Lena,

    Amo este filme, a história é tãoo linda. Já vi algumas vezes rsrs

    bjo

    ResponderExcluir
  7. Oi Leninha!
    Adoro esse filme. O Clima de vingaça, traição e desencontros é TDB.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Belo filme...
    Gosto mto dele, sempre assisto qdo passa....rs

    ResponderExcluir
  9. Já faz um tempão que quero ler esse livro, e ainda vou lê-lo, com certeza! Nunca vi o filme, o que também farei algum dia, mas o livro é prioridade hehe!

    Bjoo,

    Aline - escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Este filme eu já assisti e adorei, vale a pena quem não assistiu dar uma olhada. O livro eu não li ainda, mas deve ser ainda melhor. Beijos, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Nossa, eu ainda não assisti esse filme :(
    Vou procurá-lo !
    Bjs
    Luka.

    ResponderExcluir
  12. AMO ESTE FILME!!!!APESAR DELE SER MUITO TRISTE E DE FORTE EMOÇÃO.MAS RECOMENDO ELE É LINDO DEMAIS.BJUS!!

    ResponderExcluir
  13. eu amooo esse filme!

    ele é simplesmente maravilhoso! um ótimo filme!

    =D

    ResponderExcluir
  14. eu tenho q faze um trabalho,mas naum consegui o filme.li o livro,mas a final é diferente.
    tow ferrada!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos