Maratona de Banca - Guerreiro do Vento - Janelle Taylor

MARATONA DE BANCA 2010


1º Livro da Trilogia Lakota

Território Lakota, 1851

Além do horizonte infinito...
Depois de perder a esposa e o filho num ataque de uma tribo inimiga, Waci Tate, conhecido como Guerreiro do Vento se dedica a garantir o bem-estar e a segurança de seu povo, sem imaginar que o cumprimento do dever o obrigará a tomar uma outra mulher por companheira. O marido e o filho de Chumani também foram vítimas dos brutais combates indígenas e ela jurou que nunca mais se casaria. Mas quando um xamã tem uma visão que prenuncia a união de Chumani com Waci, ela reconhece que essa aliança irá fortalecer ambas as tribos. Sob o céu de uma nação em guerra, Waci e Chumani precisam aprender a confiar novamente... E render-se a um amor que tem o poder de curar a dor do passado... Se realmente quiserem salvar seu povo!

Imagine um índio tudo de bom, que além de seus vários predicados ainda é carinhoso, um exemplo de bom líder e um bom marido?
Esse é Waci, o líder de sua tribo lakota, um homem que amou intensamente sua esposa e filho e os perdeu no meio de uma guerra injusta e que para proteger seu povo terá que se casar com Chumani, uma mulher que também teve suas perdas e que precisa de um homem que a ame.
Chumani perdeu seu marido e filho e jura nunca mais entregar seu coração, só que ela não esperava que Waci aparecesse em sua vida e que juntos eles iriam enfrentar uma guerra por seu povo e também travar uma guerra em seus corações.
O livro é lindo, escrito a partir do ponto de vista dos índios, o que o torna diferente dos livros que costumo ler sobre eles.O amor de Chumani e waci é meigo e intenso!
Sou suspeita para dar nota para livros de índios, pois eu os adoro então...
Livro nota 9,5

Trilogia Lakota:

* Guerreiro do Vento
* coração de Guerreiro
* Nos Braços do Guerreiro



12 comentários:

  1. Ai, eu também ADORO quando a história é com indío. (só não gosto muito quando é indio e uma branca, normalmente o indio sempre fica com aquela história "não posso casar com vc pq vc é branca, e blá, blá, blá!") Esse livro parece ser muuuuuuuuuuuuuuuito lindo!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Leninha!!! Sou uma ingrata mesmo não é? Nem passei para agradecer o selinho que postou para o meu bloguinho... Mas agradeço muitíssimo agora, AMEI!!!!! Assim como amei a sua resenha. Eu tb sou supeita para falar, pois amo tudo o que se relaciona com índios. Me bateu uma baita curiosidade de ler essa série. Os Lakota são a nação indígena americana de maior beleza. Amo eles!!! Parabéns!!! A série entrou na minha listinha de desejos para 2010. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu li um livrinho dessa série não me lembro qual, mas me lembro que o livro tem uma narrativa super diferente com muitos termos da linguagem indigena e o tudo é visto pelo perfil dos índios. É bem diferente...

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Um índio tudo de bom, que além de seus vários predicados ainda é carinhoso??? É o meu números, hehehe!!!
    E minha listinha só vai crescendo... ai, ai... rs...

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro livrinho de índio, não sei porque,mas prefiro a narrativa do ponto de vista do índio.
    Muito legal!
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Li dois livros sobre indios e achei os dois muito parado, então fiquei com um pé atras, se achar dando sopa quem sabe posso dar uma chance.
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Que diferente, Leninha!!!!
    Adorei! Fora que o índio da capa é TUDO, heim???

    ResponderExcluir
  8. Puxa!!! Fiquei com vontade de ler...rsss. vou procurar prá ler.
    Ah!!! Adorei...
    abçs.

    ResponderExcluir
  9. Eu jurava que tinha esse livro na minah lista! Quando eu estava bolando a lista eu iria colocar ele no mês de estrageiros, mas agora eu não sei o que ocorreu para ele ter ficado de fora!

    Porém agora com sua resenha (que adorei) eu o reencontrei e acho que irei lê-lo!

    Um abraço e até mês que vem!

    ResponderExcluir
  10. Eu AMO essa trilogia da Janelle Taylor, tenho os 3 e são daquele tipo inegociável! As três histórias são ótimas, e a Janelle realmente sabe colocar a gente dentro da tribo, dos costumes e dos problemas dos personagens.

    Adorei a resenha! Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Aaiaiai... Agora ficquei curiosa!!! Amo histórias com índios!!!! O meu primeiro da maratona também foi de índio...
    Adorei... Agora quero ler!

    ResponderExcluir
  12. Tenho toda a trilogia, ela é simplesmente bárbara. Nota 10!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos