Desvairado Amor - A. E. Maxwell

 

Uma luta sem tréguas entre pai e filho pelo amor de uma mulher.

América do Norte, 1869.

Na magnifica terra das sequóias, chega Maya Charters, tendo como único legado o coselho de sua mãe: jamis ceder à paixão e casar-se somente com um homem rico e maduro, capaz de lhe assegurar o sustento.

Desafiando os obstáculos impostos a uma recém-chegada, Maya torna-se uma mulher altiva e corajosa. Mas o amor de dois homens indômitos divide seu coração. Como decidir entre o jovem e apaixonado Will Hawthorne e se pai, Hale Hawthorne, que, ao lhe oferecer a dádiva da segurança, não consegue apagar o desejo ardente que governa seus dias e atormenta suas noites?

Uma história emocionante que mostra o frágil limite entre o ódio e o amor.
O livro é dividido em duas partes.
Na primeira parte onde nasce o amor de Will por Maya, ou sua posse por ela, pois na primeira vez que ele a vê já decreta: Ela é minha.
E a segunda parte onde Will cai na realidade.
Na minha opinião um dos climax da história, quando Will vê seu pai saindo do quarto de Maya e fala que ela é sua madrasta e precisa descançar, o mundo de Will desaba.
Maya foi criada pela mãe, numa situação crítica, e foi educada pra pensar primeiro em sua segurança e nunca se deixar levar pelos sentimentos, pois isso havia sido a ruína de sua mãe.
Mya se vê então dividida entre o amor e a segurança, entre  filho e pai, que decisão tomar?
Num turbilhão de emoções, conflitos, dois corações se vêem lutando pelo que lhes é mais caro, amor e segurança, quem vencerá essa batalha?
Esse livro foi campeão de vendas e reeditado pela nova cultural, tamanha a sua procura.
Vale a pena ler e se emocionar com Maya, Will e Hale e a luta para ser feliz!
Livro nota 10

5 comentários:

  1. Nem tenho vontade de ler, detesto livro com muito drama e sério não importa o passado dessa Maya, já a odiei de cara, hehehe

    ResponderExcluir
  2. Vixe, Leninha esse não tenho. Poxa, vc só posta o q eu não tenho rsrs, q maldade.

    Ei, qdo vc volta? To sentindo sua falta lá no blog.

    bjs.

    ResponderExcluir
  3. Mais um que está na pilha hahaha

    ResponderExcluir
  4. wU LÍ ESSE ESSA SEMANA, E amei!
    Não acredito que a Maya tenha errado, foram as circubstancias q obrigaram-na a se casar com o pai do Will... e ela sempre sofreu horrores cumprindo suas "obrigações" de esposa... è um livro muito triste, pra quem gosta do gênero, um prato cheio. Gostei de verdade, mas foi minha cota desse estilo, por um bom tempo!!

    ResponderExcluir
  5. Tenho esse livro como um dos meus favoritos. A história de amor entre Will e Maya é linda, sofrida e vencedora. Ele é simplesmente inesquecível!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Lançamentos