A Mulher do viajando no tempo - Audrey Niffenegger

O livro narra a história do casal Henry e Clare. Quando os dois se conhecem Henry tem 28 anos e Clare, 20. Ele é um moderno bibliotecário; ela, uma linda estudante de arte. Os dois se apaixonam, se casam e passam a perseguir os objetivos comuns à maioria dos casais: filhos, bons amigos, um trabalho gratificante. Mas o seu casamento nunca poderá ser normal.
 
Henry sofre de um distúrbio genético raro. De tempos em tempos, seu relógio biológico dá uma guinada para frente ou para trás, e ele se vê viajando no tempo, levado a momentos emocionalmente importantes de sua vida tanto no passado quanto no futuro. Causados por acontecimentos estressantes, os deslocamentos são imprevisíveis e Henry é incapaz de controlá-los. A cada viagem, ele tem uma idade diferente e precisa se readaptar mais uma vez à própria vida. E Clare, para quem o tempo passa normalmente, tem de aprender a conviver com a ausência de Henry e com o caráter inusitado de sua relação.

"Uma sublime história de amor... Deixa no leitor a sensação da riqueza e da estranheza da vida."

Pensar em uma palavra para descrever esse livro é difícil para mim, ele me fez mudar um pouco minha opinião sobre livros com o tema viagem no tempo, ou pelo menos sobre o que já lí em outros livros, os tornando infantís...
Estou ainda um pouco anestesiada, meio aérea... mas amei o livro, a riqueza dos detalhes, a profundidade dos sentimentos, a ligação entre os personagens, tudo é perfeito e se encaixa de forma única.

O  emaranhado de datas e idades me deixou confusa no princípio, mais ao longo da leitura tudo se  encaixa e dá um sentido inovador ao romance.

Sofri com a dor de Claire pela ausência de Henry, sofri com a dor de Henry por sempre estar distante de seu amor perdido no tempo...
E falando nisso, a conexão do tempo é perfeita, a autora consegue narrar fatos e encaixá-los com maestria sem deixar o leitor em momento nenhum confuso.

Mais uma vez um livro me mostra a força de um grande amor, que nasce com a convivência e a distância, como é possível?
A resposta é uma só: leiam o livro e descubram, rs.

Não posso dar nada mais nada menos que nota 10!
Sucesso de vendas nos EUA, o livro foi apontado pela crítica especializada como uma releitura inovadora e inteligente do romance de amor, e teve seus direitos cinematográficos comprados pelo casal de atores de Hollywood Jennifer Anniston e Brad Pitt.
A superação das dificuldades encontradas no relacionamento, a ausência e a saudade são tratadas com muita sensibilidade, inteligência e bom humor pela autora. O livro mostra que o verdadeiro amor é capaz de transpor todas as barreiras – inclusive a mais implacável de todas: o tempo. 
 
Segue o trailer do filme (legendado)

6 comentários:

  1. Nossa nota 10! Excelente dica Leninha!

    bjos.

    ResponderExcluir
  2. Eu estou com medo de começar a ler, sabe aquela expectativa e se eu não gostar e se gostar tanto e o livro terminar muito rapido?
    Neuras de leituras da Solange, só uma doida como eu, para ter esses dilemas...rs

    ResponderExcluir
  3. Sol, tb tenho medo de me decepcionar quando a expectativa é grandem, porém, eu leio.
    Esse livro deve ser ótimo mesmo, até pq esgotou na editora.

    ResponderExcluir
  4. Eu tbm estou querendo muito ler o livro...
    Espero ler ainda esse mês, mas eu ando tão devagar nas leituras :(

    Leninha, parece meu tipo de livro... Triste!!!
    rsrsrs
    òtima dica...

    Bjsss

    ResponderExcluir
  5. Bem... como eu não tenho expectativa nenhuma... o dia que eu conseguir ler... lerei

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é maravilhoso! Emocionante demais \o/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo e lembre-se, todos são respondidos.
Portanto volte ao post para conferir ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Obrigada!

Editoras Parceiras

Postagens Recentes

Visualizações

Últimos Comentários

Pré-venda!

Lançamentos